Adega Edicao 188

ADEGA traz-lhe o melhor do apaixonante e sofisticado mundo do vinho. Matérias completas com imagens deslumbrantes dos grandes vinhos, regiões produtoras, vinícolas, entrevistas, viagens, dicas de harmonização e centenas de avaliações independentes de vinhos para todos os gostos, bolsos e ocasiões. Leia e comprove porque ADEGA é a maior revista de vinhos em Português.

País:
Brazil
Idioma:
Portuguese
Editor:
Inner Publishing Net LLC
Periodicidad:
Monthly
US$ 2,99
US$ 19,99
12 Números

en este número

2 min.
as lições de cada safra

A crise de saúde iniciada no ano passado mexe com as pessoas de muitas formas. Um dos pontos que ela afeta é a nossa noção de tempo, especialmente aquela urgência das coisas. O distanciamento fez com que situações antes corriqueiras fossem ansiosamente aguardadas. Tomar um vinho com amigos, visitar os avós, ir ao parque com a família. Coisas triviais que agora ganham significados especiais por conta de uma nova conjuntura temporal. Porém, para quem está no mundo do vinho, esse cenário talvez não seja tão incomum. O tempo do vinho é outro. Ele não costuma ser contado em dias, mas em anos, décadas, séculos. Quem trabalha com vinho, especialmente os enólogos, sabe que precisa ser paciente. A natureza lhe dá apenas uma chance por ano, então, é preciso sabedoria para aproveitá-la. Imagine…

adega2106_article_003_01_01
1 min.
cartas

Podcast ADEGA Amei o primeiro episódio, parabéns. Gostaria de escutar um podcast sobre vinhos brasileiros. Quais seriam as recomendações dos especialistas e principalmente quais vinhedos pequenos chamaram a atenção pela qualidade. Muito obrigada! Claudia Taverna @experienciasinspiram Leitura garantida para os próximos dias! Adoro colecionar a @revistaadega e acompanhar o que acontece no #mundodovinho Renato Brasil @renatobrasilsommelier #REPOST de um dos que eu adoro, vinho do Porto e suas mais de 15 possibilidades. @revistaadega Vinho do Porto: qual é a diferença entre Ruby e Tawny? Mauricio Ferreira @tempodevinho O gin da Bahia #revistaadega Fernando Alves @fernando.alves_jf Atualizando o banco de dados com a revista referência em vinho@revistaadega. E que linda capa. Horácio Fernandes @horacio_fernandes Partiu leitura acompanhado por um Chardonnay #revistaadega Amanda Flora @amandaflora_sommeliere Sobre estudar e degustar #revistaadega Laki Petineris @lakipetinerisfotografo My life be like... Produção para o @estudiogastronomico e @revistaadega Van Gogh @vangoghsantos…

adega2106_article_006_01_01
1 min.
uma questão de grafia

Não é incomum no mundo do vinho termos uma mesma uva com nomes diferentes. Uma casta, muitas vezes, pode ter se espalhado por diversas regiões e sido batizada com um nome em cada local. A Syrah ou Shiraz é um caso interessante. Segundo análises de DNA, ela se originou no Rhône, na França. Sendo um cruzamento natural entre a Mondeuse Blanche, branca, e a Dureza, tinta, ampelógrafos acreditam que ela surgiu provavelmente em Isère (onde suas duas castas-mães eram comumente plantadas) por volta do século XII. Acredita-se que o nome Syrah seja uma derivação de Sérine, que viria do latim “serus” (tardio), mas há diversas hipóteses. A Syrah se provou uma variedade bastante adaptável e, com o tempo, foi sendo cultivada em muitos terroirs, chegando ao Novo Mundo. Na Austrália, por exemplo,…

adega2106_article_008_01_01
23 min.
20 safras

AS HISTÓRIAS DE FELIPE TOSSO e da Ventisquero se entrelaçam de uma forma que é quase impossível as desvencilhar. Ele foi o responsável pela primeira safra, no ano 2000, quando – após iniciar o projeto com os nomes Viña Lo Miranda e Viña Vial – o empresário Gonzalo Vial decidiu rebatizar sua vinícola, que, a partir daí, se tornaria uma das potências do Chile. Ao assumir Ventisquero, Tosso havia recém saído da Concha y Toro, tendo participado da criação de nada menos que Don Melchor e aprendido muito com o lendário Jacques Boissenot, na época consultor desse ícone da vitivinicultura chilena. Tosso, aliás, dá crédito a vários “professores”, como Pablo Morandé e também seu amigo John Duval, ex-enólogo da Penfolds até hoje consultor da Ventisquero. Para celebrar as 20 safras da história…

adega2106_article_010_01_01
1 min.
análises

Ao provarmos os 11 vinhos selecionados pelo enólogo Felipe Tosso para essa entrevista, é possível traçar um elucidativo panorama da evolução, tanto dele próprio como enólogo quanto da vitivinicultura chilena nos últimos 20 anos. Os tintos dos anos 2000 mostraram-se muito vivos e em plena forma, sendo consequência de uma busca por maior concentração, extração e madurez de fruta quando foram elaborados – o que era a tendência na época e que teve seu auge entre o meio da década de 2000 e o início da década de 2010. Já, quando partimos para os vinhos das safras mais recentes, as notícias são ainda melhores. Há uma mudança no perfil de fruta, buscando maior frescor e profundidade, culminando em um estilo mais fluido, equilibrado e mais pronto para beber quando os…

17 min.
mundovino

Champagne Gaga Dom Pérignon lança edição em parceria com Lady Gaga A marca Dom Pérignon firmou uma parceria criativa de dois anos com a cantora Lady Gaga e a primeira ação foi a criação de uma edição limitada de 110 jeroboams (garrafa de 3 litros) de Dom Pérignon Brut Rosé Champagne 2005 envoltos em uma escultura projetada por Lady Gaga em colaboração com o artista Nicola Formichetti, um consultor criativo da Haus of Gaga desde 2009. A escultura iridescente foi projetada para refletir o fluxo e o movimento de um vestido magnético, enquanto seus vários tons de rubi imitam a cor rosa vibrante do espumante rosé. Os lucros com a venda das garrafas serão doados à fundação “Born This Way” criada por Lady Gaga e sua mãe, Cynthia Germanotta, em 2011. A instituição…

adega2106_article_022_01_01