Adega Janeiro 2015

ADEGA traz-lhe o melhor do apaixonante e sofisticado mundo do vinho. Matérias completas com imagens deslumbrantes dos grandes vinhos, regiões produtoras, vinícolas, entrevistas, viagens, dicas de harmonização e centenas de avaliações independentes de vinhos para todos os gostos, bolsos e ocasiões. Leia e comprove porque ADEGA é a maior revista de vinhos em Português.

País:
Brazil
Idioma:
Portuguese
Editor:
Inner Publishing Net LLC
Periodicidad:
Monthly
ESPECIAL: Get 40% OFF with code: READ40
US$ 2,99
US$ 19,99
12 Números

en este número

2 min.
volta às compras

Depois de fenomenais booms de preço, motivados por safras extraordinárias mas também pela sede chinesa pelos grandes tintos de franceses, parece que o mercado bordalês está voltando a patamares mais realistas. Pelo menos esta é a impressão de ninguém menos que Steven Spurrier. Segundo o crítico inglês – que degustou os recém lançados vinhos da safra 2012 –, este é o momento de voltar a comprar Bordeaux, pois a safra é subestimada e os preços estão atraentes. Além da análise, ele faz uma seleção de rótulos para comprar. E por falar em grandes vinhos, esta primeira edição do ano nos brinda com a história e a avaliação de um vinho, literalmente, inesquecível, que alcançou incontestáveis 100 pontos. Vale a pena conhecer a trajetória de um líquido que atravessou gerações (foi feito…

3 min.
cartas

QUESTÕES Assino a revista ADEGA há alguns anos e gosto muito de todas as reportagens, bem como seu design e a seção Cave, de avaliações. Escrevo por dois motivos: 1. Tudo o que lemos, aprendemos e degustamos passa por um delicado processo (depois de engarrafado), que é o transporte. E eu conheço um pouco de logística internacional, pois trabalho com produtos químicos, a granel, pós, líquidos etc. Parece que seria de suma importância fazer uma reportagem sobre como estão sendo transportados os vinhos no mundo todo. Por exemplo, enviar por caminhão ou navio, sem refrigeração, compromete totalmente a qualidade do vinho, pois as temperaturas no verão, dentro de um contêiner podem passar de 60 C, e no inverno, no caso de travessia de cordilheira, também pode danificar a qualidade dos vinhos.…

adega1501_002_001_008_Cartas_0
6 min.
vinho é uma ópera

Andrea Bocelli é um dos nomes mais importantes da música lírica mundial dos últimos tempos. Apadrinhado por ninguém menos do que Luciano Pavarotti em seus primeiros anos de carreira, o tenor cego (perdeu a visão aos 12 anos devido a um glaucoma) logo se tornou um dos mais célebres cantores da Itália e seus concertos ajudaram a popularizar trechos de ópera mundo afora. Bocelli ainda é conhecido por ser um dos artistas mais solícitos quando se trata de eventos de caridade para ajudar pessoas em todas as partes do planeta. Além de concertos beneficentes, ele ainda participa de diversos projetos, entre eles um que apoia o trabalho de presos como viticultores na ilha de Gorgona, na costa da Toscana. Poucos, contudo, sabem que a família do tenor, natural de Lajatico, uma cidade…

adega1501_001_004_010_Entrevista_0
1 min.
presentes

Maserati Em comemoração ao centenário da marca automobilística Maserati no ano passado, a relojoaria Bulgari criou o Octo Maserati, com número limitado a apenas 1914 peças. O cronógrafo tem 41,5 mm de diâmetro com três mostradores embutidos de fácil leitura. O azul escuro, cor da marca de carros de luxo, também foi integrada ao relógio. US$ 25.000 www.bulgari.com Racing A caneta tinteiro Superfast da joalheria Chopard tem linhas elegantes, lembrando acessórios automotivos. Feita com laca preta fosca, tem como motivo um volante na tampa, com detalhes em vermelho. A ponta é feita em ouro e banhada em ródio. US$ 1.290 www.chopard.com Minimalista Com design minimalista, a Double Bag da Prada tem o espaço interior dividido em dois por um compartimento com fecho que pode ser removido, simples e prático. Feita em couro e napa, pode ser encontrada em diversos…

adega1501_002_003_014_Presentes_0
13 min.
mundovino

CAÇADORES Durante uma de suas buscas, a uma dupla de “caçadores de tesouros” da Polônia encontrou duas garrafas de vinho da década de 1930 dentro de um bunker nazista. Os rótulos encontrados eram do Châteaux Grand Barrail Lamarzelle 1938 e do Château Latour-Martillac 1939, que estavam dentro de uma caixa de munição no bunker localizado na cidade de Swinoukscie, no norte da Polônia. Acredita-se que ninguém entrava nos corredores subterrâneos há pelo menos 70 anos. Não foi divulgado qual seria a destino das garrafas encontradas, tampouco o nome dos “caçadores”. DOCUMENTÁRIO Enquanto a colheita começa no Rio Grande do Sul neste ano, o documentário “À Sombra das Videiras” está sendo gravado. O projeto é da Faculdade Cenecista, por meio de seu Núcleo Audiovisual, e as gravações ocorrerem entre janeiro e fevereiro na Linha…

adega1501_002_004_016_Mundovino_0
2 min.
enocultura

MEMÓRIAS DO VINHO GAÚCHO Rinaldo Dal Pizzol e Sérgio Inglez de Sousa, AGE Editora, 752 páginas, R$ 135 Trinta anos recolhendo relatos que remontam à produção do vinho gaúcho de 1620 até os nossos dias. A obra, dividida em três volumes que totalizam mais de 750 páginas, traz uma visão completa da história da vitivinicultura do Rio Grande do Sul, desde os jesuítas, passando por todos os períodos históricos brasileiros, com documentação impressionante desde as épocas mais remotas. O livro é fruto de uma parceria entre dois grandes estudiosos e entusiastas da epopeia do vinho gaúcho, Rinaldo Dal Pizzol e Sérgio Inglez de Souza, e nasceu para ser uma das principais referências sobre a história da bebida no país. Para adquirir o livro: instituto@dalpizzol.com.br CACHAÇA – ENGENHOS DE OURO Claudio Schleder (organizador), Inbook Editora,…

adega1501_002_008_024_Enocultura_0