Adega Julho 2014

ADEGA traz-lhe o melhor do apaixonante e sofisticado mundo do vinho. Matérias completas com imagens deslumbrantes dos grandes vinhos, regiões produtoras, vinícolas, entrevistas, viagens, dicas de harmonização e centenas de avaliações independentes de vinhos para todos os gostos, bolsos e ocasiões. Leia e comprove porque ADEGA é a maior revista de vinhos em Português.

País:
Brazil
Idioma:
Portuguese
Editor:
Inner Publishing Net LLC
Periodicidad:
Monthly
ESPECIAL: Get 40% OFF with code: READ40
US$ 2,99
US$ 19,99
12 Números

en este número

2 min.
tradições erenovacões

A discussão de ideias e conceitos, de tempos em tempos, é essencial para que haja uma evolução – já diziam os teóricos da dialética. No mundo do vinho, mesmo que pese o enorme respeito à tradição, sempre há espaço para debates, polêmicas e revisão de dogmas, mesmo os mais firmemente enraizados. E esta edição de ADEGA está repleta de discussões e pontos de vista que nem sempre batem com os pré-estabelecidos. Talvez por isso este seja o mês ideal para darmos boas vindas para nosso novo colaborador internacional, o crítico inglês Steven Spurrier, idealizador do “Julgamento de Paris” – a degustação que abalou as estruturas e renovou o panorama do mundo do vinho nos anos 1970. Neste número, em uma viagem à Alsácia, Spurrier visitou os principais produtores (entre eles alguns célebres…

3 min.
cartas

PÔSTER Um tempo atrás vi que vocês possuíam aquela imagem (bem clássica!) de várias taças de vinho com os aromas do vinho. Trabalho numa vinícola e gostaria de expor aquela imagem aqui no varejo. Como faço para conseguir uma imagem daquelas? Magda M. Spindler O pôster pode ser adquirido no site www.lojaadega.com.br PRIORATO É sempre um prazer ler a melhor revista nacional sobre o vinho e sua cultura. No excelente texto a respeito dos vinhos potentes e estruturados (edição 104 – “Uma questão de equilíbrio”) há referência aos vinhos do Priorato, dando a entender que suas qualidades “masculinas” são oriundas das uvas Tempranillo e/ ou Garnacha. Mas vale lembrar que a uva predominante no Priorato é a Cariñena, que possui altos teores de açúcar, cor e tanino. Para muitos, é a uva mais cultivada no…

adega1407_001_003_006_Cartas_0
14 min.
uma simples brincadeira

Alejandro Vigil surge com um sorriso no rosto. Como é de costume. Mas, agora, um pouco de sua felicidade são as notas divulgadas naquele dia pela Wine Advocate, de Robert Parker, para os vinhos argentinos. Mais uma vez, seus produtos estão no topo da lista, com as melhores pontuações. Desta vez, contudo, um vinho de seu projeto pessoal (em parceria com Adrianna Catena, caçula de Nicolas) superou os ícones da Bodega Catena Zapata. O enólogo poderia estar preocupado com a repercussão disso. Porém, o importante é que os primeiros da lista são vinhos feitos por suas habilidosas mãos e engenhosidade. Então, certamente há um toque de orgulho naquele farto sorriso que distribui. As novas notas de Parker novamente mostram o quanto não só a Catena Zapata, mas especialmente Vigil está na dianteira…

adega1407_001_006_008_UmaSimplesBrinc_0
10 min.
mundovino

A MAIS PODEROSA Um relatório anual da consultoria “Intangible Business” apontou a Viña Concha y Toro como a “marca de vinho mais poderosa do mundo”, no que é considerado o mais influente ranking da indústria de bebidas do mundo. Na lista geral (que soma todos os tipos de bebidas alcoólicas), aliás, a vinícola chilena aparece em 21 lugar, subindo oito postos em relação ao ano passado. “O reconhecimento internacional reforça a visibilidade global e a imagem que a marca Concha y Toro alcançou. É algo pelo qual temos trabalhado há anos. É uma grande conquista, não somente para a empresa, mas para o vinho chileno que cresce em importância na indústria do vinho mundial”, disse o CEO da vinícola, Eduardo Guilisasti. A lista das empresas de vinho mais poderosas segue com…

adega1407_001_010_018_Mundovino_0
1 min.
enocultura

A HISTÓRIA DO MUNDO EM 6 COPOS Tom Standage, Jorge Zahar Editor, 240 páginas, R$ 50 Quais bebidas influenciaram a história da humanidade? Tom Standage conta como seis bebidas, entre elas o vinho, relacionam-se com acontecimentos históricos importantes e como elas se tornaram relevantes desde a Idade da Pedra até o século XXI. Vinho, cerveja, destilados, café, chá e Coca-Cola são os protagonistas dessa inusitada e cativante obra que rememora os mais diversos períodos da humanidade. CHEFS – SEGREDOS E RECEITAS Jill Norman (organização), Editora Melhoramentos, 652 páginas, R$ 169 Com receitas e sugestões de chefs renomados como Ferran Adrià, Marcus Wareing, Shaun Hill, Ken Hom, Christine Mansfield, David Thompson, Greg Malouf, Peter Gordon, Dan Lepard, Charlie Trotter e outros oito grandes cozinheiros do mundo, o livro “Chefs – Segredos e receitas” traz detalhes de…

adega1407_001_014_024_Enocultura_0
20 min.
viagem pela alsácia

Em visita de cinco dias à Alsácia durante a segunda semana de junho, encontrei essa bonita região vitivinícola com espírito renovado graças a uma floração bem sucedida que lhes dará uma grande colheita (depois de duas safras diminutas), o que é necessário diante do crescente aumento do reconhecimento internacional de seus vinhos. No Reino Unido, a Alsácia costumava ser conhecida como o “vinho do negociante de vinho”, pois os comerciantes adoravam o lugar e as pessoas, compravam diversos produtos, mas encontravam dificuldade para vendê-los. Então, bebiam-nos eles mesmos. Hoje, porém, os principais produtores (muitos dos quais visitei) são mencionados no mesmo tom que seus colegas da Borgonha, suas melhores cuvées são tão caras quanto suas alocações. Isso posto, a Alsácia tem tantos produtores ao longo dos 170 quilômetros de rota do vinho…

adega1407_001_016_026_Enoturismo_0