Comida & Vinho
Adega

Adega Edicao 168

ADEGA traz-lhe o melhor do apaixonante e sofisticado mundo do vinho. Matérias completas com imagens deslumbrantes dos grandes vinhos, regiões produtoras, vinícolas, entrevistas, viagens, dicas de harmonização e centenas de avaliações independentes de vinhos para todos os gostos, bolsos e ocasiões. Leia e comprove porque ADEGA é a maior revista de vinhos em Português.

País:
Brazil
Língua:
Portuguese
Editora:
Inner Publishing Net LLC
Periodicidade:
Monthly
Ler Mais
ASSINATURA
US$ 19,99
12 Edições

nesta edição

2 minutos
o tempo

O tempo vai passando e nem sempre nos damos conta. As obrigações e responsabilidades aumentam, o trabalho não costuma dar trégua, o mundo inteiro parece cada vez mais acelerado e, de repente, um ano inteiro se passa. Aquele compromisso “menos importante” fica esquecido, aquele “jantar com amigos” vai sendo postergado, aquele “vamos marcar um dia” nunca acontece e, quanto mais o tempo passa, menos tempo encontramos para as “pequenas coisas”. Nesta edição, ADEGA comemora 14 anos. Sim, o tempo passou rápido desde aquela memorável safra de 2005. Nesse ínterim, tanta coisa aconteceu e continua acontecendo que, às vezes, não nos damos conta da evolução que vivemos, de uma editora que publicava apenas uma revista de vinhos para uma empresa com títulos em diversos segmentos e inúmeros projetos em áreas que vão…

1 minutos
cartas

AGRADECIMENTO Boa tarde! Estou escrevendo este e-mail apenas para agradecer. Há pouco mais de três anos comecei a vender vinhos por paixão e não parei mais. Devo muito à revista ADEGA. Foram tantas matérias legais ao longo dos anos, tantos vinhos avaliados por vocês que me ajudaram bastante em minhas escolhas. Inaugurei meu espaço na zona sul de São Paulo e continuarei acompanhando vocês pelos próximos anos. Obrigado! Roberto d’Azevedo Jr ERRATA O atento leitor e assinante José Rafael Albuquerque Cunha verificou um erro no artigo “O lado sombrio da luz”, publicado na edição 166. Aqui os apontamentos feitos por ele: “De fato, a origem do Champagne Cristal foi uma encomenda da Rússia czarista de uma cuvée especial para a casa Louis Roederer. No entanto, a encomenda foi realizada em 1876 e não em…

1 minutos
instagram

Kelly Cristina@kellyttle.feet Um delicioso encontro da CONFRARIA dos MELOS em pleno dia do Sommelier, 29/08, na VILLA VINO em Campos do Jordão! Parabéns a todos! #revistaadega Fernanda Lima @fernandalimaorganizer Quem aí gosta de vinho? A dica de hoje é da @revistaadega Como manter suas taças impecáveis! Rogoldner_gastrô @rosemary_goldner_ sommeliere #revistaadega Somms felinos+humana enófila @sommeliercats Harmonização: revista adega + vinho + charuto + varanda. Foi uma harmonização imbatível num domingo desses. Vou convidar vocês a darem uma espiadinha no conteúdo deste exemplar. #revistaadega Quer ver sua foto publicada aqui? Siga @revistaadega e marque as imagens com #revistaadega…

2 minutos
vinho no risoto

Há uma máxima entre cozinheiros que diz que não se faz um bom prato sem bons ingredientes. Sendo assim, despejar um vinho ruim em um risoto definitivamente não é uma boa pedida, pois, além de não melhorar, é provável que piore o sabor. Mas colocar um Grand Cru de Montrachet, por exemplo, vai tornar a sua receita espetacular? Muito provavelmente não. Receitas que levam vinho (como risoto, por exemplo) não precisam de um rótulo top para ganharem em sabor, mas também não devemos pegar um vinho qualquer para o preparo. Ao ser aquecido, o álcool evaporará e uma boa parte das propriedades de aroma e sabor do vinho se perderão, ainda assim, uma parte da sua essência permanecerá e se agregará à comida. No caso, o arroz e algum outro ingrediente…

11 minutos
mr. chadwick

“Assim nasceu essa espécie de cruzada que fiz nos últimos 15 anos para conseguir que o Chile fosse reconhecido nas grandes ligas” A primeira entrevista que fizemos com Eduardo Chadwick foi em 2011. Coincidentemente, ela foi publicada na edição cuja capa trazia os grandes ícones chilenos. Na época, ele falava com entusiasmo sobre o potencial dos vinhos de seus país e sobre como eles podiam ser equiparados aos grandes rótulos mundiais. Dois anos depois, Chadwick promoveu, em São Paulo, uma das últimas reedições de sua famosa “Cata de Berlim” – o evento que catapultou seus vinhos em 2004, uma espécie de “réplica” do Julgamento de Paris de 1976. Em 2015, conversamos com Francisco Baettig, enólogo da Viña Errázuriz, sobre um projeto lançado há pouco tempo pela empresa, com vinhos de Aconcágua Costa,…

3 minutos
vinhos avaliados

AD 95 pontos DON MAXIMIANO 2016 Errázuriz, Aconcágua, Chile (Grand Cru R$ 699). Tem o mesmo aroma a talco do La Cumbre. Caminhou de um Cabernet Sauvignon para um blend de Bordeaux no Chile. Tem muita complexidade e se apresenta em camadas. Muita fruta, herbáceo “do bem” e frescor. Vibração que valoriza a fruta ao limpar o paladar, e taninos deliciosos e presentes. Cassis, groselha e framboesa. Até completar 10 anos, vale decantar para que a juventude da madeira e o perfil lácteo se integre. Depois, se abre rumo à floresta e com frutas cristalinas. O aroma vai ficando cada vez mais elegante com o tempo em taça. CB AD 92 pontos KAI CARMÉNÈRE 2014 Errázuriz, Aconcágua, Chile (Grand Cru R$ 1.699). Aroma herbáceo típico do Carménère, e bastante apimentado. Os taninos são muito ricos…