EXPLORARBIBLIOTECA
searchclose
shopping_cart_outlined
exit_to_app
category_outlined / Negócios & Finanças
Harvard Business Review BrasilHarvard Business Review Brasil

Harvard Business Review Brasil Marco 2018

É a edição brasileira da mais importante revista de economia, gestão e négocios do mundo. Fundada há 91 anos, permanece na liderança das idéias revolucionárias que movem corporações em todo o mundo

País:
Brazil
Língua:
Portuguese
Editora:
RFM EDITORES Ltda
Ler Maiskeyboard_arrow_down
ASSINATURA
US$137,24
12 Edições

NESTA EDIÇÃO

access_time5 minutos
18 promessas para 2018: resoluções digitais para líderes empresariais

A sua missão digital, caso decida aceitá-la 01 | Incutir um senso de urgência: Sim, a palavra disrupção, provavelmente, é usada excessivamente, o que pode explicar por que alguns executivos podem tapar os ouvidos cada vez que ela aparece. Mudanças que podem causar disrupção ao seu negócio estão acontecendo agora. Por isso, é preciso incutir uma mentalidade organizacional que o ajude a detectá-las e a reagir a elas. 02 | Aceite uma mentalidade de dualidade: É claro que as empresas precisam continuar operando de maneira eficaz aqui e agora, ao mesmo tempo em que mantêm um olho em direção ao futuro. Em 2018, as lideranças digitais precisarão fazer de 2018 o ano da coexistência pacífica entre a otimização e a transformação. 03 | Estabeleça um propósito geral, a fim de acertar o rumo:…

access_time2 minutos
a epidemia da solidão

A solidão é um sentimento que a grande maioria da população prefere evitar. Estudos e pesquisas mostram como é terrível para a saúde — diminui o desempenho cognitivo e o sistema imunológico, aumenta o risco de demência, doenças cardíacas e até de morte precoce. Do ponto de vista psicológico é emocionalmente doloroso. As repercussões sociais desse desconforto influenciam diretamente a produtividade no trabalho porque as pessoas se desvinculam. Já está comprovado que os seres humanos precisam de conexões sociais fortes para se sentir felizes e encontrar significado em sua vida. Os defensores da conectividade tecnológica afirmam que ela nos salva da praga da solidão. Será? Para o médico e ex-cirurgião geral dos Estados Unidos Vivek Murthy — cujo artigo abre o Foco desta edição (pág. 23 ) —, estamos mais conectados…

access_time8 minutos
tomada de decisão

PESQUISA E DESENVOLVIMENTO CEOS DE FORA DIMINUEM A INOVAÇÃO Uma das razões pelas quais muitas empresas têm dificuldade de crescer é a redução na produção de pesquisa e desenvolvimento, conhecido também como RQ (quociente de pesquisa, em inglês). Uma pesquisadora recentemente estimou que nos últimos 40 anos o RQ diminuiu 65% em média. Quando ela e colegas entrevistaram CTOs sobre o assunto, ouviram uma reclamação constante: uma mudança na chefia — especialmente um CEO de fora — levou a mudanças na abordagem em relação a pesquisa e desenvolvimento. Eles decidiram testar a validade da reclamação e explorar fatores passíveis de afetar o rigor do declínio. Avaliou-se uma gama de exemplos de empresas dos Estados Unidos quanto a desempenho financeiro, identidade do CEO e RQ de 1993 a 2003. Os pesquisadores confirmaram que o…

access_time7 minutos
banhos gelados levam a menos faltas ao trabalho por doenças

BUIJZE: Essa é a primeira evidência importante de que banhos gelados podem fazer bem à saúde. No grupo dos que se molharam por pelo menos 30 segundos durante um mês houve 29% menos faltas ao trabalho por motivo de doença do que no grupo de controle — e 54% menos quando considerados os que também fizeram atividades físicas. HBR: Por que banhos gelados nos tornam menos doentes? É uma questão sutil, mas importante: na verdade os participantes que tomaram banhos gelados disseram ter se sentido doentes, em média, o mesmo número de dias que os demais que tomaram seu banho normal. Mas ou seus sintomas eram menos graves ou eles se sentiam mais dispostos, por isso tinham mais condições de lidar com a doença e trabalhar mesmo assim. O efeito exato no…

access_time14 minutos
o trabalho e a epidemia de solidão

Em 24 de agosto de 1992, de manhã bem cedo, eu e minha família saímos de nosso abrigo temporário para encontrar nossa cidade — e nossa vida — mudada para sempre. Havíamos passado as últimas horas acotovelados, enquanto o furacão Andrew fustigava nosso bairro no sul da Flórida com chuvas torrenciais e ventos de cerca de 270 quilômetros por hora. Vimos pedaços de casa espalhados pela paisagem, fios de energia arremessados como barbantes e criaturas do mar encalhadas em árvores, carregadas para dentro do continente pelo vendaval. Como milhares de pessoas, sobrevivemos à tempestade e aos muitos dias escuros que se seguiram graças à bondade de estranhos que nos trouxeram comida, água e conforto. Enquanto a nação se mobilizava para nos ajudar e nós nos apoiávamos uns nos outros, o furacão…

access_time2 minutos
vivek murthy

O vice-almirante Vivek H. Murthy foi o 19º cirurgião geral dos Estados Unidos de 2014 a 2017. Como cirurgião geral, o doutor Murthy comandou o Corpo Comissionado de Serviços de Saúde Pública dos Estados Unidos, um serviço uniformizado com 6.600 escritórios de saúde pública que atende populações vulneráveis em 800 locais no país e no exterior. Durante seu mandato, ajudou a abordar questões críticas de saúde pública, como o surto de ebola, o vírus da zika, os baixos níveis de atividade física e a explosão do uso de cigarros eletrônicos entre os jovens. Em 2016, lançou a campanha TurnTheTideRx para combater a epidemia de opiáceos. Murthy diz que o bem-estar emocional é um dos fatores mais importantes — e mais subestimados — que influenciam a saúde. Mais especificamente, chamou a atenção…

help