ZINIO logotipo
EXPLORARBIBLIOTECA
Revista de Vinhos

Revista de Vinhos

Abril 2021
Adicionar aos favoritos

Título especializado em vinho e gastronomia do grupo Essência do Vinho. Conta com 30 anos de publicação em Portugal.

Ler Mais
País:
Portugal
Língua:
Portuguese
Editora:
Essencia do Vinho
Periodicidade:
Monthly
ASSINATURA
US$ 41,11
12 Edições

nesta edição

4 minutos
vinho e investimento

Fortemente dominado pelos vinhos franceses e explorado por empresas sedeadas no Reino Unido, com carteiras de clientes onde predominam chineses, norte-americanos e cada vez mais brasileiros, a análise feita pela Cult Wines, empresa fundada em 2007 e uma das referências neste âmbito, mostra que o vinho tornou-se, num período de 10 anos (2009-2019), num ativo muito procurado para investimento. Além do crescimento constante de valor, o mercado regista a entrada de novos players, neste caso vinhos que não apenas os de Bordéus e da Borgonha, pois os preços estratosféricos que atingiram levaram as empresas e os investidores a apostar noutras denominações – caso do Rhône, França, dos vinhos do Chile e até dos vinhos norte-americanos, nomeadamente de Napa Valley e Oregon, bem como Espanha, com o icónico Unico das Bodegas Y…

1 minutos
nesta edição com a revista de vinhos!

Projeto nobre do Douro vinhateiro, a oito quilómetros do Pinhão, nas Tecedeiras nascem alguns dos vinhos mais frescos e vivos da região, sob a batuta do enólogo Rui Cunha. Estes vinhos contam histórias das freiras tecedeiras de linho, que deram o nome à propriedade, mas também sobre a vinha e o olival, reminiscências da necessidade de adaptação cultural à praga da filoxera. Vinhos atuais, com cunho do passado, como este branco de 2018. seu por 6,00€ VALE DE DESCONTO APRESENTAÇÃO OPCIONAL DESTE VALE NO SEU PONTO DE VENDA. NÃO ACUMULÁVEL. Seja responsável. Beba com moderação. LINHA DE APOIO: (+351) 214 337 000 Dias úteis, 9h30-13h e 14h30-18h — Stock limitado. Promoção válida na compra da revista + garrafa na sua banca habitual, com a apresentação do vale de desconto desta página. Flor das Tecedeiras 2018 Douro / Branco /…

6 minutos
a busca pela excelência

Sarah Ahmed é uma reputada jornalista e crítica de vinhos britânica, especializada em vinhos portugueses e australianos, no blogue "The Wine Detective". OBarca-Velha 2011 é lançado este mês. Surpreendentemente, o ícone dos ícones de Portugal tem muito em comum com o ícone dos ícones da Austrália – o Penfolds Grange Bin 95. Formados na escola dos vinhos fortificados, os seus criadores - Fernando Nicolau de Almeida e Max Schubert – visitaram, estudaram e inspiraram-se na ‘crème de la crème’ de Bordéus. Ambos tintos poderosos, lançados oficialmente com a colheita de 1952. Nicolau de Almeida e Schubert podem ter tomado emprestadas técnicas de vinificação de Bordéus, mas ambos, Barca-Velha e Grange, partilham um importante ponto de partida. Os ícones de Bordéus saem de uma única propriedade ou ‘château’. Já o Barca-Velha e…

4 minutos
um encontro surpreendente com loureiro

‘Wine writer’, cronista do The Sunday Express, autor do blogue wineanorak.com, é doutorado em Biologia de Plantas e co-chair do International Wine Challenge. Assina esta colaboração regular na Revista de Vinhos e também na brasileira Gula. Durante o período de confinamento, tenho feito muitas provas através do Zoom. Não é o mesmo que visitar uma quinta e estar no local onde o vinho é feito, mas é o melhor que pode ser feito por estes dias. Há uma vantagem neste arranjo: livre de distrações, é possível questionar o enólogo adequadamente durante a prova e, em seguida, retornar aos vinhos mais tarde para afinar quaisquer notas. Recentemente participei numa prova que realmente surpreendeu. Foi com José Luís Moreira da Silva, do Esporão (que gere a Quinta dos Murças no Douro), que adquiriu a…

5 minutos
microbiota: o lado oculto do terroir

José Peñin é um dos mais influentes críticos e ‘wine writers’ de Espanha, responsável pelo primeiro guia de vinhos do país irmão, o famoso Peñin, cuja primeira edição foi publicada em 1990. Atualmente, a palavra terroir é um aríete brandido pelo novo ‘connaisseur’ para se diferenciar do leigo, amplamente entendida como o principal elemento de identificação de um vinho. O terroir expressa-se pelo local de cultivo, os solos, clima e microclima, nas mãos do trabalho humano, dotado de amplo conhecimento da viticultura. Destes elementos, todos reconhecem que o solo desempenha um papel transcendental em relação aos minerais do subsolo e que estes imprimem a “personalidade mineral” do vinho. No entanto, os verdadeiros protagonistas dos sabores são os microrganismos, ou microbiota, que habitam os solos. Também não devemos esquecer que a vegetação…

6 minutos
tipicidade: bom argumento ou má desculpa?

José João Santos, diretor de conteúdos da EV-Essência do Vinho, tem a paixão da escrita, da reportagem, da formação e da prova. É ainda autor do podcast "Vinho, Palavra a Palavra". Nos automóveis e motos de anteriores gerações, os melhores mecânicos conseguiam frequentemente adivinhar as marcas só pelo som do motor. Era um misto de bom ouvido, conhecimento e experiência acumulada durante anos, por vezes décadas de ofício. A partilha de motores entre diferentes marcas e uma nova geração de motorizações, ambientalmente mais eficaz, incluindo em emissões poluentes e de ruido, acabou por dificultar sobremaneira a tentativa, pelo que hoje não vai além de um mero exercício de adivinhação. Um provador de vinhos tem também nestes tempos que estar particularmente atento, atualizado e tolerante. Será que uma cor esbatida, por vezes até…