EXPLORARBIBLIOTECA
Comida & Vinho
Sabor Club

Sabor Club No. 003

Sabor.Club faz parte de uma plataforma de comunicação criada para enriquecer experiências gastronômicas. Com um olhar moderno, nós buscamos e propagamos informação para revelar não só comida, mas também o modo de vida

País:
Brazil
Língua:
Portuguese
Editora:
Inner Publishing Net LLC
Periodicidade:
Back issues only
Ler Mais

nesta edição

1 minutos
editorial

o manifesto: • Nós comemos• Nós bebemos• Nós cozinhamos• Nós viajamos (para comer)• Nós conversamos (também sobre comida)• Nós acreditamos que comer é uma das grandes maravilhas da vida – e viva a boa mesa! Dia desses estávamos discutindo sobre a arte que vai em alguns materiais gráficos de Sabor.club. Lá está escrito, abaixo do nosso logo: gastronomia como modo de vida. E por que insistimos tanto nessa ideia? Porque ela é a maneira moderna e nunca vista no Brasil de saber que é observando as pessoas e a forma como elas vivem que vamos realmente entender a comida que fazem. Sejam profissionais ou não. Desde que o país descobriu a gastronomia, um mundo de gente resolveu a aprender a cozinhar. Os programas de culinária começaram a pulular na TV, surgiram os chefs…

3 minutos
do ramo

Não se engane com o jeitão extrovertido, às vezes meio maluquinho da atriz. Vinho para a atriz que interpreta a divertida Sheila, de Santa Clarita Diet, do Netflix, é coisa séria, no sentido mais saboroso da palavra. “Passei a gostar aos 21 anos. Comecei como todo mundo, com taças leves e fui crescendo com elas.” Hoje, aos 42, tornou-se uma produtora interessada que, volta e meia, está na vinícola Carmel Road, no Vale das Salinas, em Monterey, na Califórnia, para acompanhar a sua produção e, mais, participar da vinificação dos seus rótulos. O Drew’s Blend Pinot Noir 2013 é fruto de uma bem sucedida parceria com o enólogo Kris Kato, um dos grandes conhecedores do terroir da região. Numa conversa dele com ela, sempre descontraída, Drew Barrymore fala, com muita…

3 minutos
acarajé de bacalhau

“OLHA O ACARAJÉ DO CACÁ aí, minha gente”. O grito que parece de escola de samba é entoado com frequência na Rua Fradique Coutinho, em São Paulo. De dentro de uma garagem pintada de amarelo e adornada com pimentas e fitinhas do nosso senhor do Bonfim, diretamente de Vitória de Santo Antão, em Pernambuco, e não de nenhum cantinho da Bahia, Luiz Carlos Oliveira, o Cacá, anuncia seus bolinhos de feijão fradinho fritos no azeite de dendê. Que fique claro: bolinhos no plural. Afinal, o publicitário, filho de Iansã com Oxóssi e cozinheiro doméstico, não serve apenas o tradicional, com vatapá de camarão, salada de tomate e camarão seco. “Os alérgicos a camarão fazem o quê?”, pergunta ele e já responde com sua versão de bacalhau, com vatapá e lascas salteadas…

2 minutos
comer fora

Churros de milho roxo A sobremesa é um dos destaques de peruano de verdade O Lima Restobar, que se consagrou no Rio (com indicação Bib Gourmand no Guia Michelin) chega a São Paulo com uma comida cheia de sabor, feita pelo chef peruano Marcos Espinoza. A proposta é que seja boa e barata, revelando um Peru bem original. Prova disso são a bondiola arequipeña (copa lombo confitada e molho de adobo de Arequipa com texturas de milho – cremoso, frito e pó) e o Tacu Tacu de Mar (peixe branco, camarão, polvo, lula com molho de pimentas e curry sobre tacu tacu), além dos ceviches, claro. Para finalizar, os churros com massa de milho roxo! A casa está também em Brasília, Porto Alegre e Campinas. Lima Restobar – Rua Adolfo Tabacow 269, Itaim…

4 minutos
o rio está uma delícia...

Imperdível, às segundas-feiras: um bolinho de arroz no Bar do Momo e uma lavada na alma no Samba do Trabalhador, no quase vizinho Clube Renascença. Na volta, mais uma passadinha no Momo para a saideira. Se for com batida de maracujá e jiló recheado com queijo em molho de carne assada, melhor ainda. R. Gen. Espírito Santo Cardoso, 50, Tijuca. Tel.: (21) 2570-9389; R. Barão de São Francisco, 54, Andaraí. Tel.: (21) 3253-2322. Lichia, gengibre e limão; framboesa, hibisco e tomilho; cacau baiano com pimenta arriba saia; pitaia; jambo; jamelão. O bolonhês Andrea Panzacchi é incansável na busca de sabores para seus gelati artigianali. Arrisca sem medo e, quase sempre, sem erro. Qualquer um dos trinta exemplares diários da vitrine da Vero Gelato e Café ainda pode rechear o panino, um…

2 minutos
banquete no céu

1 Em 1955, a Varig começou a voar do Rio para Nova York. E para se diferenciar do concorrente, a americana Pan Am, colocou em prática um dos mais ricos serviço de bordo que a aviação já viu. 2 A ideia foi do presidente da companhia Rubem Berta. Ele defendia que se a nossa estrutura aeroportuária não permita um serviço de excelência em terra, o passageiro seria compensado no ar. 3 Para criar o menu, a Varig convocou o grande chef de cozinha da época, o barão austríaco Max von Stuckart, que revolucionou a nossa gastronomia nos apresentando pratos como o frango à Kiev, o steak Diana e o estrogonofe! 4 O cardápio era riquíssimo, desde faisão até a lagosta à Thermidor, além de canapés, entradas e omeletes feitas na hora, por cozinheiros…