ZINIO logo
EXPLOREMY LIBRARY
Boating & Aviation
AERO Magazine

AERO Magazine Edicao 317

AERO Magazine é a revista mais lida por proprietários de aeronaves e pilotos do Brasil, e traz todos os meses os lançamentos e novidades do mercado, orientações para a compra e manutenção de aeronaves, avaliação de aeroportos e da infra-estrutura aeroportuária, artigos técnicos, reportagens históricas e coberturas especiais das principais feiras do mundo. Leia e comprove porque AERO Magazine é a líder em aviação no Brasil.

Read More
Country:
Brazil
Language:
Portuguese
Publisher:
Inner Publishing Net LLC
Frequency:
Monthly
BUY ISSUE
$3.99(Incl. tax)
SUBSCRIBE
$26.71(Incl. tax)
12 Issues

in this issue

2 min.
voos executivos

Com a retomada gradual da rotina da aviação de negócios, preparamos uma reportagem especial para quem opera no centro financeiro do país. Fizemos uma radiografia de infraestrutura aeroportuária com os prós e os contras dos principais aeródromos que servem a cidade de São Paulo. Avaliamos dez aeroportos dentro de um raio de cerca de 100 quilômetros da capital paulista, cada um deles com sua vocação, e formulamos dicas preciosas para quem voa aeronaves privadas nessa região estratégica. Ainda no mercado de aviação de negócios, resgatamos uma história que remonta ao início dos anos 2000 e teve um desfecho diferente do que se imaginava há duas décadas, quando parecia certo que o espaço aéreo seria invadido por milhares de jatinhos com preço em torno de um milhão de dólares. Relatamos a saga…

2 min.
first class

TRADIÇÃO HEROICA Fabricadas por um tradicional fornecedor da Royal Air Force britânica desde 1943, a bota de voo Haynes & Cann 65 Pilot foi usada por milhares de pilotos da RAF e da Fleet Air Arm durante a Segunda Guerra Mundial. Em couro preto de alta qualidade e com acabamento refinado, o modelo agora está de volta à produção. 150 libras www.transair.co.uk INDOMÁVEL A coleção de relógios Pilot presta uma homenagem à antiga relação da IWC com a aviação. O modelo Top Gun 44,5 milímetros oferece uma caixa interna de ferro maciço para proteção contra interferências eletromagnéticas, além de resistir a baixas pressões atmosféricas e a mergulhos de até 60 metros na água. Extremamente preciso, tem ponteiros luminescentes e três cronógrafos para maior funcionalidade. 7.800 dólares www.iwc.com CAFÉ A BORDO A Wacaco Minipresso GR é uma máquina…

6 min.
missões secretas e empresas fantasmas

Nas últimas décadas, a aviação comercial regular se tornou uma das atividades de maior visibilidade da indústria aeronáutica. A popularização deu ao transporte aéreo de passageiros um aspecto ordinário e prosaico, reforçado por produções de cinema, televisão e publicidade. O que muitos passageiros dificilmente imaginam é que algumas pacatas empresas aéreas já estiveram envolvidas em ações bastante obscuras e arriscadas a serviço de governos, ou até mesmo em missões ultrassecretas. Reunimos algumas das mais emblemáticas. Yeallow Cake URÂNIO A BORDO No auge da Segunda Guerra Mundial, o governo dos Estados Unidos passou a trabalhar secretamente no projeto Manhattan, que levou à construção da primeira bomba atômica. Na época, conheciam-se no mundo apenas quatro reservas de urânio, a principal matéria-prima para construção do artefato explosivo: uma no estado norte-americano do Colorado, a segunda no…

8 min.
na rede

O ÚLTIMO CRJ Chega ao fim a produção de uma família de jatos regionais de grande sucesso durante os anos 1990, a série Canadair Regional Jet da Bombardier. O fabricante canadense acaba de finalizar a montagem do último exemplar do programa CRJ, que está sob o controle da japonesa Mitsubishi Heavy Industries desde 2019. Criado na década de 1980 a partir do jato de negócios Challenger, o CRJ foi produzido em mais de uma versão: CRJ 100/200 e CRJ 700/900/1000. Sem planos de manter a produção, a Mitsubishi adquiriu o programa com o objetivo de viabilizar seu projeto SpaceJet, de um avião regional japonês, que enfrenta inúmeros atrasos no processo de certificação. HONDAJET TE DÁ ASAS De propriedade do grupo Red Bull Gmbh, a recém-criada equipe italiana de Fórmula 1 Scuderia AlphaTauri (antiga…

1 min.
supersônicos

TÚNEL DO VENTO O futuro avião supersônico Aerion AS2 iniciou testes de alta velocidade em túnel de vento. O processo é parte da revisão de projeto preliminar que avalia os dados críticos do projeto (PDR, na sigla em inglês). A Aerion também concluiu a modelagem aerodinâmica do AS2. O uso combinado dos resultados dos testes em túnel de vento e da modelagem computacional deve dispensar a construção de uma aeronave de demonstração nos estágios iniciais do ciclo de desenvolvimento. A Aerion espera iniciar a produção primeiro prot tipo em meados de 2023, com o voo inaugural ocorrendo dois anos depois. Já a certificação deve ficar para meados de 2030, com projeção de venda de 300 unidades, com média de 30 entregas por ano. DEMONSTRADOR EM ESCALA A startup Boom Supersonic apresentou o demonstrador…

1 min.
hidrogênio

PROJETOS AIRBUS A Airbus apresentou o projeto de três aviões com novos desenhos e motores movidos a hidrogênio – um turbofan, um turbo-hélice e um asa-fuselagem. O conceito de propulsão não é novo, mas promete revolucionar o transporte aéreo caso se mostre viável. A Airbus espera desenvolver a primeira aeronave comercial de emissão zero do mundo até 2035, dentro do chamado projeto ZEROe. “O hidrogênio tem uma densidade de energia volumétrica diferente do combustível de aviação, então temos que estudar opções de armazenamento e arquiteturas de aeronaves diferentes das existentes”, explica Jean-Brice Dumont, engenheiro da Airbus. “Isso significa que a aparência visual de nossa futura aeronave com emissão zero mudará”. STARTUP BRITÂNICA A startup britânica ZeroAvia realizou o primeiro voo com uma aeronave propulsada por um sistema abastecido com hidrogênio, utilizando como plataforma…