EXPLORARBIBLIOTECAREVISTES
CATEGORIES
  • Art i Arquitectura
  • Aviació i Navegació
  • Negocis i Finances
  • Cotxes i Motos
  • Famosos i Xafardeig
  • Comics & Manga
  • Artesania
  • Cultura i Literatura
  • Família i Paternitat
  • Moda
  • Cuina i Vins
  • Salut i Fitness
  • Llar i Jardí
  • Caça i Pesca
  • Adolescents
  • Luxe
  • Estil de Vida Masculí
  • Cinema, TV i Música
  • Notícies i Política
  • Fotografia
  • Ciència
  • Esports
  • Tecnologia i Jocs
  • Viatges i Aire Lliure
  • Estil de Vida Femení
  • Adults
DESTACATS
EXPLORARBIBLIOTECA
Aviació i Navegació
AERO Magazine

AERO Magazine

Edicao 308

AERO Magazine é a revista mais lida por proprietários de aeronaves e pilotos do Brasil, e traz todos os meses os lançamentos e novidades do mercado, orientações para a compra e manutenção de aeronaves, avaliação de aeroportos e da infra-estrutura aeroportuária, artigos técnicos, reportagens históricas e coberturas especiais das principais feiras do mundo. Leia e comprove porque AERO Magazine é a líder em aviação no Brasil.

País:
Brazil
Idioma:
Portuguese
Editor:
Inner Publishing Net LLC
Llegir Més
COMPRAR NÚMERO
3,27 €(IVA inc.)
SUBSCRIURE
32,80 €(IVA inc.)
12 Números

En aquest número

2 min.
entre o passado e o futuro

Oano de 2020 é o último da segunda década do terceiro milênio. Certamente o encerramento de um ciclo que será lembrado pelos historiadores do futuro. Para a aviação, tem um valor simbólico incontestável. Marca um período de busca por mais eficiência operacional. Os modelos remotorizados desenvolvidos pelos principais fabricantes aeronáuticos do mundo refletem essa tendência. Um desses novos aviões, o Boeing 737 MAX, tem um significado ainda mais simbólico. É um projeto dos anos 1960 que incorpora soluções tecnológicas do século 21. Por coincidência ou não, tais avanços podem ter contribuído para os dois acidentes fatais que colocaram o fabricante centenário na maior crise de sua história. A pergunta que fazemos nesta edição é esta: qual o futuro do MAX, e das certificações aeronáuticas? A questão da eficiência é central em outro…

1 min.
aero magazine

DIREÇÃO Publisher Christian Burgos - christian@innereditora.com.br Diretora de Operações Christiane Burgos - christiane@innereditora.com.br REDAÇÃO REVISTA Editor-chefe Giuliano Agmont - giuliano@aeromagazine.com.br DIGITAL Editor Edmundo Ubiratan - edmundo@aeromagazine.com.br Colaboradores André Borges Lopes, Cássio Polli, David Clark, Décio Correia, Edmundo Ubiratan, Felipe Salles, Jorge Filipe Almeida Barros, Marcelo Migueres, Rodrigo Duarte e Rodrigo Moura Visoni ARTE Diretor de Arte Ricardo Torquetto - ricardo@innereditora.com.br Assistente de Arte Aldeniei Flávio Gomes Santos - arte@innereditora.com.br MÍDIAS DIGITAIS Editor Edmundo Ubiratan - edmundo@aeromagazine.com.br PUBLICIDADE / ADVERTISING publicidade@innereditora.com.br +55 (11) 3876-8200 – ramal 11 Representante Comercial Brasil e América Latina Teresa Rebelo – teresarebelo.inner@gmail.com INTERNATIONAL SALES Estados Unidos Inner Publishing - sales@innerpublishing.net Marketing - marketing@innereditora.com.br…

1 min.
first class

COLEÇÃO IMPOSSÍVEL Encadernado à mão e apresentado em uma vistosa caixa de madeira, o livro The Impossible Collection of Wine, pelo selo Assouline, foi escrito pelo sommelier Enrico Bernardo, cobrindo os vinhos mais importantes do século 20. US$ 995 assouline.com VELOZ E ELÉTRICO O Taycan é o primeiro superesportivo elétrico da Porsche. A versão Turbo S pode atingir 751 cavalos de potência no modo Overboost, com impressionantes 107,1 kgf m de torque máximo, alcançando os 100 quilômetros por hora em apenas 2,8 segundos, silenciosamente. € 185.456 porsche.com PARA NAVEGAR O discreto Rolex Yacht-Master recebeu pela primeira vez o tamanho de 42 milímetros. O relógio conta com aro de ouro branco de 18 quilates e marcações numéricas em torno de um mostrador preto, enquanto os ponteiros também vêm em ouro branco de 18 quilates. R$ 137.450 rolex.com UNIVERSO AMPLIADO Com sistema…

7 min.
trágicos enganos

O acidente com o voo PS752 da Ukraine International Airlines gerou comoção mundial, em especial após o Irã assumir que seu sistema de defesa antiaérea abateu por um erro humano o Boeing 737-800 que decolava de Teerã, matando todos os 173 ocupantes. Mais uma vez, volta a ser discutida a necessidade de se definir protocolos mais rígidos para garantir a segurança de aeronaves civis que trafegam no espaço aéreo de áreas conflagradas ou em disputa. Esse não foi o primeiro caso em que uma aeronave civil foi destruída, por engano ou por ação deliberada de forças militares. Somente nas cinco últimas décadas, foram ao menos oito os casos de abate alegadamente não intencionais de aviões comerciais de grande porte. Relembre outros episódios semelhantes. 20 DE ABRIL DE 1979 >>> Vítimas: 2 Voando à…

4 min.
o voo com o ahrs

Uma das primeiras tecnologias a revolucionar a pilotagem de aviões foi um pequeno aparelho usualmente conhecido como “horizonte artificial”. Ao apresentar para os pilotos uma referência confiável da posição espacial da sua aeronave, abriu as portas para a possibilidade do chamado “voo cego”, aquele no qual a obtenção de referências visuais externas fica comprometida pela escuridão ou por condições meteorológicas adversas. Tais aparelhos se baseavam no uso de um efeito físico ligado ao princípio da inércia, conhecido como “rigidez giroscópica” (discos ou esferas que giram rapidamente em torno de um eixo tendem a manter inalterados os seus planos de rotação). A gravura abaixo mostra o funcionamento de um horizonte artificial mecânico. Note que um disco giratório é montado em balancins, de forma que seu eixo fique livre para se orientar para qualquer…

3 min.
como o sol interfere em minha operação ?

Voar de dia, sem nuvens, no conhecido “céu de brigadeiro”, é um prazer enorme a pilotos e passageiros. Mas o tempo CAVOK não nos exime de efetuar um planejamento adequado para o voo no que diz respeito não só à operação da aeronave, mas, também, a saúde e bem-estar a bordo. Sim, o sol que ilumina nossas paisagens também deve ser levado em consideração no planejamento de um voo. ÓCULOS O cuidado mais básico para pilotos e passageiros de pequenos, médios e grandes aviões é o uso de óculos escuros. Aliás, os óculos que vemos em uso nos dias de hoje foram criados no início dos anos 1920 para que pilotos pudessem se proteger do vento (voava-se em cabine aberta) e, obviamente, da claridade do sol. O não uso desse acessório e a…