LOFFICIEL BRASIL Issue 85, September 2021

L'OFFICIEL BRASIL apresenta uma seleção do que há de melhor na moda, beleza e estilo de vida, apropriando-se da expertise francesa em luxo e transformando-a para o mercado brasileiro.

País:
Brazil
Idioma:
Portuguese
Editor:
Edicoes L'Officiel Brasil Ltda
Periodicidad:
Bimonthly
5,27 €(IVA inc.)
32,43 €(IVA inc.)
8 Números

en este número

1 min.
editorial

Era 1921 quando L’Officiel foi lançada em Paris. O momento não poderia ser mais propício. Superada a Primeira Guerra Mundial, nos salões e cafés transitavam as mentes mais brilhantes do início do novo século. Na euforia dos chamados Loucos Anos, a Europa retomava o ritmo e os estilistas fortaleciam a alta-costura. Assim, a publicação nascia como porta-voz da indústria da moda e de seu tempo, acompanhando não somente tendências, mas todos os movimentos sociais que influenciavam processos criativos e a evolução das marcas. É esse legado que todas as edições de L’Officiel no mundo celebram neste mês de setembro – tradicionalmente, por si só, grande marco das revistas. A capa com a atriz Jessica Chastain unifica este momento, juntamente com uma retrospectiva especial. Por aqui, a atriz Marina Ruy Barbosa,…

2 min.
colaboradores da edição

Bob WOLFENSON FOTÓGRAFO “Pretty Woman” Uma das referências nacionais como retratista, fotógrafo de nus e de moda, Wolfenson transita entre projetos artísticos e a publicidade. Suas exposições aconteceram em instituições brasileiras, como o Masp, Centro Cultural Maria Antonia, Museu de Arte Brasileira (MAB-Faap), assim como na Galeria Millan. Jana MARQUES BEAUTY ARTIST “Um dândi provocador” Nascida e criada em São Paulo, Janaina Marques tem renome quando o assunto são tranças e cabelos crespos. “Uma das minhas maiores missões é realçar e valorizar a beleza negra na sua mais pura essência. Quero mostrar para o mundo quanto o traço e o cabelo do povo negro são lindos e perfeitos!” Rita SEGRETO GUARDIÃ DA MEMÓRIA E DO ACERVO DO IRMÃO, CONRADO “Um dândi provocador” Formada em arquitetura, florista apaixonada e amante fervorosa de moda, atuou como fashion stylist na década de 1990, com…

loffbra2110_article_014_01_01
6 min.
news

PERFUME FUTURISTA O sentimento de otimismo e os dias ensolarados do verão inspiraram Riccardo Tisci, diretor criativo da Burberry, na hora de elaborar a terceira coleção com o monograma TB, em homenagem a Thomas Burberry, criador da marca. Náilon Econyl, algodão, seda e jérsei entram nas peças. Dos acessórios, destaque para as novas versões das bolsas Beach Tote, Barrel, Lola e Sonny. Detalhe extra: a campanha estrelada por Naomi Campbell une imagens estáticas com computação gráfica, fundindo natureza e tecnologia. “Eu queria celebrar o equilíbrio de nossa herança com a importância de sempre evoluir e olhar para a frente”, conta Tisci. Já Naomi, por sua vez, é só elogios: “É mágico trabalhar com Riccardo. Ele sempre tem uma visão única e continuamente consegue trazer outra faceta para fora de mim, me…

loffbra2110_article_018_01_01
7 min.
na contramão correta

Desde que surgiu no circuito da moda internacional, em 2017, a estilista francesa Marine Serre tem movimentado olhares e discussões. Não só por sua moda neoesportiva ou pela estampa-desejo de Lua crescente, copiada ao redor do mundo, mas principalmente pelo olhar afiado em relação à sustentabilidade, tão pragmático quanto sensível. Para construir suas roupas regeneradas, como ela chama, Marine potencializa a onda do upcycling: vai além do mero desmonte de peças antigas, buscando matérias-primas em descartes de tapeçarias, sobras de couro e até colchas de lã antigas para seus modelos. Na última temporada, de inverno 2021, ela levou seus discursos à máxima potência com a apresentação de Core: uma série de 19 curtas-metragens que mostram com detalhes os processos de garimpo e regeneração e apresentam as criações resultantes em crônicas…

loffbra2110_article_028_01_01
4 min.
sobre novas direções

“A Neriage tem um mês de vida”, diverte-se Rafaella Caniello, em conversa pelo Zoom. A frase, que é de efeito, tem lá sua verdade: a ex-jovem estilista passou os últimos meses cozinhando uma guinada necessária na marca. Prestes a abrir sua primeira loja, prepara a expansão da criação, com cerâmicas e linha de roupas mais triviais, e dá espaço para dividir pensamentos com a sócia, Laura Leite. A nova contagem de tempo tem a ver com a parceira recém-chegada – na prática, a empresa teve de ser refundada por exigências do fisco, mas a fase se reflete também nos movimentos internos da criadora. Entregue ao mundo logo depois do desfile de formatura de Caniello, em 2016, a Neriage passou por maus bocados neste ano pandêmico, fato que não é novidade para…

loffbra2110_article_034_01_01
4 min.
clássico moderno

QUANDO Louis Vuitton LANÇOU AS BASES DA MARCA, OS BAÚS ERAM projetados para manter os PERTENCES PRECIOSOS EM SEGURANÇA DURANTE AS viagens mais longas. Era 1837 quando Louis Vuitton, com apenas 16 anos, traçou seu futuro. Ele queria fabricar baús. Durante cerca de uma década e meia, trabalhou no ateliê parisiense de monsieur Maréchal até abrir o próprio espaço no número 4 da Rue Neuve-des-Capucines, próximo à Place Vendôme – um lugar que, para o escritor Louis Énault, era sinônimo de elegância e luxo já no fim do século 19. É esse endereço mítico, a busca pela excelência e o resgate das primeiras criações da marca que inspiram a bolsa lançada em 2013 e que já virou uma das mais importantes da maison francesa. A nova safra traz variações sobre o visual…

loffbra2110_article_036_01_01