TUTKIKIRJASTO
searchclose
shopping_cart_outlined
exit_to_app
category_outlined / Tiede
National Geographic Magazine  PortugalNational Geographic Magazine  Portugal

National Geographic Magazine Portugal Julio 2018

National Geographic Magazine é uma revista única no seu género. Mais de 100 anos a publicar as explorações e descobrimentos dos seus cientístas, exploradores e fotógrafos. Mais de 100 anos mantendo-se fiel ao seu compromisso de velar pelos bens culturais, históricos, antropológicos e naturais do nosso planeta.

Maa:
Portugal
Kieli:
Portuguese
Julkaisija:
RBA REVISTAS PORTUGAL
Read Morekeyboard_arrow_down
ERIKOISTARJOUS Save 40% on your subscription!
OSTA IRTONUMERO
2,72 €(Incl. tax)
TILAA
21,66 €13 €(Incl. tax)
12 Numerot

TÄSSÄ NUMEROSSA

access_time2 min.
mais rápido, mais alto, mais forte

Sophie Pascoe, nadadora neozelandesa, compete na categoria de 100 metros bruços durante os Jogos da Commonwealth de 2018, celebrados em Gold Coast, na Austrália. (IAN MACNICOL/GETTY IMAGES) Em 1896, na cerimónia de abertura da primeira edição dos Jogos Olímpicos, o barão de Coubertin, fundador dos Jogos Olímpicos da era moderna, pronunciou a locução latina citius, altius, fortius: “Mais rápido, mais alto, mais forte.” A expressão, criada por um sacerdote e professor seu amigo, era um elogio ao esforço e ao espírito de superação inerentes ao desporto, concebido então como uma prática fundamental para a educação dos cavalheiros. Estes valores, unidos aos da fraternidade e solidariedade entre as diferentes nações que iriam competir, deveriam inspirar a essência daquele que se tornaria um dos acontecimentos mais importantes da sociedade contemporânea.O desporto…

access_time3 min.
corpo e os limites

O recordista de halterofilia CJ Cummings, de 18 anos, defendeu o seu título de campeão do mundo juvenil em 2017 e bateu o seu recorde de arremesso levantando 185 quilogramas. A compleição e a técnica distinguem-no da concorrência. Bob LeFavi, da Universidade do Sul da Geórgia, analisou a biomecânica de Cummings. Os investigadores descobriram que uma “tempestade perfeita” de atributos (força, velocidade, estrutura corporal e técnica) conjugam-se para o sucesso. Segundo LeFavi, deverá atingir o seu potencial entre os 25 e os 30 anos. (MARK THIESSEN) Bailarinas clássicas como Esmiana Jani, de 25 anos, do Washington Ballet, exercem imensa pressão sobre os tornozelos e joelhos quando aterram. São as únicas atletas do mundo que têm de apontar o pé ao extremo enquanto sustentam peso. Para as ajudar a recuperar…

access_time7 min.
velocidade da inovação

Arranques mais pujantes Os primeiros corredores escavavam buracos nas pistas de cinza. A introdução de blocos de partida sólidos no fim da década de 1920 permitiu estabelecer novos recordes mundiais. Sapatos mais leves As primeiras sapatilhas de corrida eram simplesmente sapatos formais de couro, munidos de pregos para melhorar a tracção. As sapatilhas actuais contêm nylon, fibra de vidro e espigões de utilização única. Pistas mais rápidas As pistas de poliuretano foram estreadas nos Jogos Olímpicos de 1968. As pistas ressaltam mais e devolvem energia ao corredor. As pistas de cinza absorviam a energia. Melhores ferramentas de medição do tempo Os cronómetros primitivos só mediam quintos de segundo. A medição digital (ao centésimo de segundo) só se tornou obrigatória em 1977. A invencível FloJo…

access_time11 min.
a luta pelo melhor possível

Voluntária num projecto de investigação, Yunna Sinskey caminha numa passadeira rolante montada numa base em movimento no interior de uma redoma de realidade virtual com 360 graus, que inclui câmaras e projectores instalados no Laboratório Lincoln do MIT. Marcadores reflectores são colocados no seu corpo, permitindo às 18 câmaras instaladas na redoma captarem os seus movimentos no âmbito de um estudo sobre melhorias no diagnóstico e tratamento de lesões cerebrais traumáticas de baixa gravidade. A monitorização dos padrões de movimento também pode ajudar a diagnosticar lesões em atletas. (DAVID BURNETT) Nesses treinos, dois aspectos fizeram a diferença nos resultados de Katie Ledecky no Rio. Ela queria prestar atenção ao início das suas corridas e à maneira como mergulhava na piscina. Para os velocistas, esta obsessão faria sentido. Cada décimo…

access_time14 min.
histórias da idade do gelo

A neve domina a paisagem asturiana nos Picos da Europa. Esta imagem evoca o aspecto que teria o Norte ibérico durante a última glaciação, que começou há cerca de 110 mil anos e terminou há aproximadamente 12 mil anos. O clima frio e árido favoreceria o desenvolvimento de extensos glaciares em zonas de montanha e de uma vegetação estepária nos vales e planícies. (ANDONI CANELA) O dia de escavações fora muito produtivo: o canino superior escavado nessa manhã de 2017 encaixava perfeitamente no crânio recuperado quatro anos antes. Além desta peça dentária, alguns fragmentos completavam o sector esquerdo da mandíbula, igualmente encontrado em 2013. O esqueleto da hiena encontrava-se, portanto, completo. Era um achado excepcional e surpreendente.A posição do animal, reclinado sobre as quatro patas flectidas, a mesma postura…

access_time11 min.
predadores na noite

Um falso-vampiro de Lineu em cativeiro persegue um rato de laboratório no meio de folhas dispostas sobre uma mesa. Os cientistas que estudam estes morcegos carnívoros no México nunca os viram capturar presas na natureza, por isso filmam-nas e gravam sons relacionados com a perseguição. Veja esta caçada controlada num vídeo em ngm.com/Jul2018. Ei-los pendurados no tecto de pedra fria de um antigo templo maia, como cachos de frutos cinzentos, olhando para nós com olhos que parecem dourados sob a luz encarnada das nossas lanternas. Estes morcegos esfomeados e cheios de dentes têm orelhas compridas e quase transparentes. Os focinhos são engelhados. No final do nariz, é notória uma prega nasal em forma de lança, apêndice utilizado pelos morcegos para ecolocalização.Estes misteriosos morcegos que vivem nas imediações da Reserva…

help