Adega Edicao 191

ADEGA traz-lhe o melhor do apaixonante e sofisticado mundo do vinho. Matérias completas com imagens deslumbrantes dos grandes vinhos, regiões produtoras, vinícolas, entrevistas, viagens, dicas de harmonização e centenas de avaliações independentes de vinhos para todos os gostos, bolsos e ocasiões. Leia e comprove porque ADEGA é a maior revista de vinhos em Português.

Pays:
Brazil
Langue:
Portuguese
Éditeur:
Inner Publishing Net LLC
Fréquence:
Monthly
2,58 €(TVA Incluse)
17,30 €(TVA Incluse)
12 Numéros

dans ce numéro

2 min
ser sustentável

QUANDO FALAMOS DE SUSTENTABILIDADE, as primeiras referências que nos vêm à mente são grandes ações em prol do meio ambiente. Ou pequenas ações como separar o lixo para reciclagem. Ainda “mais sustentável” seria não produzir resíduos ou então reaproveitá-los. No entanto, a essência da sustentabilidade ultrapassa as questões relativas ao meio ambiente. Sustentabilidade é um conceito amplo. Para a indústria do vinho, talvez não baste ser orgânico – apesar de ser um ótimo começo. A concepção vai além disso, abarcando noções econômicas e sociais. Diminuir a pegada de carbono é primordial, assim como ter relações éticas de trabalho, manter as finanças equilibradas garantindo a viabilidade de nossas atividades e o emprego de nossos colaboradores, apoiar a comunidade local, proceder com equidade, respeito, enfim, propiciar um meio ambiente – no sentido mais…

adega2109_article_004_01_01
1 min
cartas

Malbecs Adorei acompanhar a matéria sobre os Malbecs da Argentina e ver o quanto essa variedade pode ser eclética. Às vezes temos um pouco de preconceito e achamos que uma uva só pode dar um tipo de vinho, um estilo, um aroma, um sabor. Isso mostra o quanto é possível “criar” com a Malbec. Vejo o Vale do Uco como o local mais promissor e de maior diversidade. Estou sempre de olho nos vinhos que surgem da região. Rachel Alves Massanori Nariyoshi @rachelalves. professoravinhos “Panorama Espanhol” – “Uma analise sobre os melhores vinhos do novo guia ADEGA Espanha e seus principais destaques”. Magnífico! @revistaadega Casal com Glúten @casalcomgluten Estamos começando a estudar mais sobre os vinhos espanhóis e nada melhor que aprender com quem já está na estrada há tanto tempo. Uma aula sobre vinhos…

adega2109_article_008_01_01
2 min
é puro?

Um varietal com mais de uma uva? Pode soar estranho, mas é mais comum do que se imagina. Ficou espantado? E se falarmos que um vinho “safrado” pode ter recebido uvas de anos diferentes da data estampada no rótulo? Como assim? Calma, tudo é uma questão de lei de rotulagem dos vinhos. No Brasil, por exemplo, a Instrução Normativa 14, de 2018 – que determina os parâmetros de produção de vinho no país –, estipula em seu artigo 27: “É permitido citar na rotulagem do vinho [...] o nome de apenas uma variedade de uva desde que esta represente, no mínimo, 75 % das uvas utilizadas em sua elaboração”. Ou seja, um vinho feito majoritariamente de Cabernet Sauvignon, que tenha recebido até 25% de outras uvas, não precisa colocar o nome…

adega2109_article_010_01_01
16 min
sustentável, um passo além

AS DEFINIÇÕES NEM SEMPRE são as mesmas e talvez por isso as interpretações também. A própria palavra sustentabilidade tem origens bastante recentes. Acredita-se que foi cunhada em alemão e o termo original era Nachhaltigkeit, que significa “rendimento sustentado”. Ele teria aparecido pela primeira vez em um manual de silvicultura publicado em 1713 e foi usado para significar nunca colher mais do que a floresta pode regenerar. O termo apareceu em inglês a partir de meados do século XIX, assim como em português. Em 1987, a Organização das Nações Unidas (ONU) definiu que o desenvolvimento sustentável “é o desenvolvimento que atende às necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras de atender às suas próprias necessidades”. Em 2005, a ONU apontou a tridimensionalidade (ambiental, econômica e social) do conceito de…

adega2109_article_012_01_01
1 min
jacob’s creek

Um dos líderes da indústria australiana tem como meta ir em direção a fontes de energia 100% renováveis. A vinícola foi construída para ser sustentável, com uma estação de tratamento de águas residuais no local, o uso de materiais reciclados e renováveis e um projeto para minimizar o uso de energia para aquecimento, resfriamento e iluminação. As paredes de vidro maximizam o uso da luz natural e o edifício é orientado para minimizar o sol direto do verão, enquanto maximiza a luz solar do inverno sobre os ladrilhos escuros para gerar calor natural. Materiais reciclados e sustentáveis, como madeira reciclada, foram usados na construção e em acessórios dentro do prédio.…

1 min
herdade do esporão

Uma das referências em vinho no Alentejo, a Herdade do Esporão promove uma série de práticas sustentáveis e até de recuperação arqueológica. Entre suas ações para diminuir a pegada de carbono foi usar garrafas mais leves em 70% da produção. Em alguns vinhos, passaram a usar rolhas com certificação de gestão florestal sustentável – FSC (Forest Stewardship Council) –, provenientes de cortiça de áreas florestais geridas de forma a garantir as necessidades ambientais, sociais e econômicas das gerações presentes e futuras. Reduziram ainda o número e a quantidade de tintas aplicadas nas caixas de transporte dos produtos e o papelão que utilizado é 100% reciclável.…