ZINIO前
探索我的图书馆
船舶与航空
AERO Magazine

AERO Magazine Edicao 300

AERO Magazine é a revista mais lida por proprietários de aeronaves e pilotos do Brasil, e traz todos os meses os lançamentos e novidades do mercado, orientações para a compra e manutenção de aeronaves, avaliação de aeroportos e da infra-estrutura aeroportuária, artigos técnicos, reportagens históricas e coberturas especiais das principais feiras do mundo. Leia e comprove porque AERO Magazine é a líder em aviação no Brasil.

阅读更多
国家:
Brazil
语言:
Portuguese
出版商:
Inner Publishing Net LLC
出版周期:
Monthly
购买期刊
HK$23.18
订阅
HK$154.96
12 期号

本期

2
uma revista com história

Minha admiração por AERO Magazine se manifestou em momentos distintos da vida. Ainda adolescente, estudava no interior de São Paulo e passava todos os dias em frente ao aeroporto de Jundiaí. Via os aviões pousando e decolando e escolhia entre dois caminhos de carreira, engenharia aeronáutica e administração de empresas. Para decidir, debruçava-me sobre tudo o que poderia ler sobre ambos os assuntos e AERO foi uma destas fontes de conhecimento. Acabei optando pela administração, mas das revistas do passado guardo em minha sala uma AERO que pertenceu a meu avô e que tem quase a minha idade. Mais tarde, 20 anos atrás, na época era diretor Comercial e de Marketing da editora que publica Náutica, estudamos a compra de AERO Magazine, que acabou vendida pela Nova Cultural para a editora…

14
por que escrever sobre aviação?

Edito e escrevo textos publicados por AERO Magazine há pouco mais de 15 anos. Aprendi e continuo aprendendo muita coisa sobre o universo aeroespacial desde então. Também fiz grandes amigos. Um privilégio e tanto. Vi de perto programas como o do Airbus A350 nascerem, participei de voos inaugurais históricos, como o do primeiro Boeing 787 Dreamliner a entrar em operação nas Américas, embarquei em clássicos como o DC-10 e um Fleet 1933, visitei museus aeronáuticos, participei de missões de busca e salvamento da FAB em um Bandeirulha, obtive de militares e políticos a confirmação de que o DAC seria extinto para criação da Anac, aterrissei na China para ouvir dos principais presidentes de companhias aéreas os rumos do transporte aéreo, entrevistei inúmeros especialistas para falar tanto de segurança de voo…

13
transformações em 25 anos

Muita coisa aconteceu na aviação durante os 25 anos de existência de AERO Magazine. A indústria do transporte aéreo consolidou a transição das tecnologias analógicas para as digitais, como se vê em textos, fotos e ilustrações das 300 edições da revista que foram mensalmente para as bancas. As principais transformações ocorreram em cockpits e motores. Novos materiais também surgiram. Como resultado desse processo tivemos o nascimento de aeronaves emblemáticas e grandes transformações na aviação. Para celebrar nossos 25 anos, compilamos aqui as grandes mudanças deste último quarto de século no mercado de transporte aéreo. A ERA DOS BIMOTORES Em 1994, quando a primeira AERO ainda estava nas bancas, a Boeing realizava o voo inaugural do 777-200. Ainda que o mercado já contasse com modelos wide-body bimotores, há quase duas décadas, foi o…

9
dos primórdios a 1911

1783 BALÕES COM PASSAGEIROS É difícil precisar qual foi a primeira experiência de voo da história da humanidade. Mas há registros de que, em 1783, passageiros fizeram ascensões experimentais nos balões de ar quente dos irmãos Joseph e Jacques Montgolfier, fabricantes de papel em Annonay, no sul da França. No final desse mesmo ano, experimentos teriam sido feitos também com balões de hidrogênio. Na segunda metade do século 19, o voo em aeróstatos de ar quente tornou-se uma aventura comum na Europa, e os aparelhos eram utilizados também pelos militares, como recurso de observação. 1709 O PADRE VOADOR Um com balões na era moderna foi o padre brasileiro Bartolomeu de Gusmão, nascido na cidade de Santos, em 1685. É atribuído a ele o projeto de uma fantasiosa nave voadora de nome “Passarola”, que aparece em…

12
1911-1920

23/02/1911 O PRIMEIRO ANFÍBIO Num tempo em que poucas cidades possuíam áreas desobstruídas e adequadas à operação de aviões, uma boa alternativa era pousar e decolar da água. Em fevereiro de 1911, o construtor Glenn Curtiss apresenta uma versão do seu Model D equipado com flutuadores, que era capaz de operar tanto na terra como na água: o primeiro avião anfíbio da história. 10/10/1911 BASE EM TOULOUSE Surge em Toulouse a Morane-Saulnier, fundada pelos irmãos Robert e Léon Morane e Raymond Saulnier, que participaria da primeira corrida aérea do mundo, a travessia aérea inaugural do Mediterrâneo e a construção da primeira metralhadora capaz de disparar tiros através do sistema de hélice. Em 1966, passou ser chamada Socata, acrônimo de Societé de Construction d Avions de Tourisme et d Affaires, ao ser adquirida pela Sud Aviation…

12
1921-1930

22/07/1921 SURGE A DOUGLAS Nascido em 1892, Donald Wills Douglas foi um dos pioneiros da aviação norte-americana. Em 1920, ele criou a Davis-Douglas Company, que fabricou um único avião: o Cloudster – um monomotor biplano de longo alcance, o primeiro a ter uma capacidade de carga acima do próprio peso. Em julho de 1921, abriu uma nova empresa, a Douglas Aircraft, que ganhou fama nos anos 1930 com seus modelos DC (Douglas Comercial). Em 1967, tornou-se McDonnell Douglas e, 30 anos depois, foi incorporada à Boeing. 08/04/1922 THEREZA E ANÉSIA Thereza de Marzo (foto) e Anésia Pinheiro Machado frequentavam o pequeno círculo dos aviadores pioneiros de São Paulo. Filha de industriais, Thereza era amiga dos irmãos Robba e namorava o alemão Fritz Roesler, dono da escola de aviação Ypiranga. Anésia viera de Itapetininga atrás do…