船舶与航空
AERO Magazine

AERO Magazine Edicao 310

AERO Magazine é a revista mais lida por proprietários de aeronaves e pilotos do Brasil, e traz todos os meses os lançamentos e novidades do mercado, orientações para a compra e manutenção de aeronaves, avaliação de aeroportos e da infra-estrutura aeroportuária, artigos técnicos, reportagens históricas e coberturas especiais das principais feiras do mundo. Leia e comprove porque AERO Magazine é a líder em aviação no Brasil.

国家:
Brazil
语言:
Portuguese
出版商:
Inner Publishing Net LLC
阅读更多
购买期刊
HK$23.18
订阅
HK$154.97
12 期号

本期

2
o vírus e a aviação

A pandemia provocada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2), agente infeccioso da coronavirus disease 2019 (Covid-19), teve um impacto devastador no transporte aéreo mundial, com consequências terríveis para a economia global. Em menos de três meses, a doença – uma síndrome respiratória grave (Sars) – ganhou escala mundial e obrigou governos e empresas a tomar medidas drásticas para conter sua disseminação e o colapso de sistemas de saúde, incluindo fechamento de fronteiras e interrupção de voos entre países. A crise mostra o vigor da aviação moderna, que dá à população uma mobilidade intercontinental sem precedentes, mas, ao mesmo tempo, potencializa a capacidade de um vírus de se alastrar rapidamente. Até agora, diferentes operadores da indústria e autoridades têm procurado lidar da melhor forma possível com a queda abrupta das viagens aéreas. Mas o…

2
first class

APOIO NO COCKPIT Durante o trabalho, os aviadores têm um manche no local onde outros profissionais dispõem de uma mesa. As pranchetas de voo reversíveis da Flyboys foram desenvolvidas para pilotos de combate e permitem acomodar com segurança mapas, instruções IFR, checklists ou ainda um encaixe opcional da Pivot para iPads e tablets. Tem suporte para canetas e lanternas e pode ser usada em ambas as pernas. US$ 45 www.flyboys.com DOBRÁVEL COMO AS ASAS DO 777X Com a estrutura construída em alumínio de aviação, a mountain bike dobrável Paratrooper Highline da Montagne tem câmbio de 20 marchas, freios hidráulicos a disco, suspensão dianteira e duas opções de tamanho de quadro. Pode ser dobrada em poucos segundos para se encaixar com facilidade no bagageiro do carro ou do avião. US$ 1.245 www.montaguebikes.com UM RASANTE PELA HISTÓRIA Um guia visual de…

3
pistas com muita extensão

Do ponto de vista operacional, a dimensão de uma pista de aviões não se mede apenas por sua extensão física. Há fatores que precisam ser compensados para calcular o “tamanho real” disponível: altitude em relação ao nível do mar, temperatura ambiente, inclinação (gradiente) da pista, intensidade e direção dos ventos e, no caso dos pousos, também a aderência do piso. Maior altitude e temperatura significam ar mais rarefeito, o que exige maior velocidade em relação ao solo para que o avião tenha sustentação para decolar ou pousar em segurança –além de reduzir o poder de tração dos motores e a eficiência dos freios aerodinâmicos. Por isso, aeroportos em locais muito altos ou “quentes e altos” (hot and hight, em inglês) necessitam de pistas bem mais extensas para que os aviões possam…

1
os mirage em apuros

No início da década de 1970, a Força Aérea Brasileira comprou seus primeiros aviões supersônicos: um lote de caças franceses Mirage III. Suas asas em delta suportam duas vezes a velocidade do som, mas a ausência de flaps faz com que o avião pouse em velocidades muito elevadas, na casa dos 300 quilômetros por hora. Enquanto um grupo de pilotos era enviado a Dijon, no nordeste da França, para se familiarizar com o modelo, a Aeronáutica ergueu nas cercanias de Anápolis, Goiás, uma nova Base Aérea para receber seus supersônicos. A base da Armée de l’Air em Dijon-Longvic – situada em uma zona de clima temperado a 222 metros acima do nível do mar – possui duas pistas de pouso: a maior delas com 2.400 metros de extensão. Não se sabe…

2
quais são os custos de minha aeronave?

Na aviação, os operadores que não se planejam para despesas futuras costumam ter amargas e desagradáveis surpresas. Do ponto de vista técnico, todos os donos de uma máquina devem saber que sua aeronave terá vencimentos de manutenções por horas voadas, por tempo calendário e até mesmo um mistura dos dois parâmetros. Também devem ser lembrados de que muitos componentes têm vida limite para uso e serão descartados ou sofrerão uma revisão geral –como exemplo, o motor. Embora não seja um problema à segurança de voo de maneira imediata, alguns componentes também deixam de funcionar adequadamente e precisam ser reparados ou substituídos antes do tempo, significando mais despesas. De outro lado, existem as despesas indiretas ao voo. Aqui estão incluídos os valores desembolsados com itens como hangaragem, pagamento de seguro, salários de tripulantes…

3
estol em alta velocidade

Uma das primeiras coisas que aprendemos nos cursos de pilotagem é que a redução da velocidade de um avião em voo pode gerar um estol (stall, em inglês). Trata-se da perda de sustentação das asas e a consequente queda do aparelho. Esse é um dos riscos que mais merece precaução, em especial nos pousos e decolagens. Mas, ao longo da profissão de piloto, aprendemos que o estol também pode se manifestar em outras situações corriqueiras. Nas aeronaves a reação, existe o “estol de compressor”, em helicópteros, o “estol das pás do rotor principal” e, nos aviões subsônicos muito velozes, o “estol de compressibilidade”, quando o aparelho se aproxima da velocidade do som. Existe ainda um tipo de estol que ocorre mesmo com o avião em velocidades adequadas, quando os filetes de…