ZINIO logo

AERO Magazine Edicao 318

AERO Magazine é a revista mais lida por proprietários de aeronaves e pilotos do Brasil, e traz todos os meses os lançamentos e novidades do mercado, orientações para a compra e manutenção de aeronaves, avaliação de aeroportos e da infra-estrutura aeroportuária, artigos técnicos, reportagens históricas e coberturas especiais das principais feiras do mundo. Leia e comprove porque AERO Magazine é a líder em aviação no Brasil.

Read More
Country:
Brazil
Language:
Portuguese
Publisher:
Inner Publishing Net LLC
Frequency:
Monthly
₹218.08
₹1,458
12 Issues

in this issue

2 min
um ano extraordinário

O cancelamento da maior feira de aviação de negócios do mundo resume de certa forma o que foi 2020 – um ano extraordinário. Decretada em março, a pandemia da covid-19 mudou a rotina da população do planeta e afetou de diferentes maneiras cada um dos setores da economia. O desmantelamento da malha aérea regular amenizou o impacto das medidas de contenção do coronavírus na aviação de negócios, mas a indústria sofreu com o retardamento dos pedidos. Ainda assim, apesar das adversidades, os departamentos de engenharia dos principais fabricantes seguiram firmes com o desenvolvimento de novos programas. Muitos deles, aliás, certamente estarão na edição de 2021 da NBAA-BACE, que já está marcada para outubro, em Las Vegas, Nevada, nos Estados Unidos. Preparamos um levantamento das principais novidades do mercado de aviação de…

2 min
first class

CARTEIRA DE PILOTO Fabricada em couro legítimo e com acabamento cuidadoso, a carteira Pilot Wings da Sporty’s tem um compartimento destacável para documentos pessoais, encaixes para cartões de crédito, duas divisões para guardar dinheiro e um espaço para fotos. O clássico logo das asas é gravado a quente no lado externo. 30 dólares www.sportys.com A HÉLICE DO BLERIOT XI Primeiro aviador a cruzar em voo o Canal da Mancha, Louis Bleriot usava em seu avião uma hélice feita em mogno laminado, fabricada pela empresa Hélices Integrale, de Lucien Chauviere. Fornecedora de museus e restauradores, a Historic Propellers, da República Tcheca, produz artesanalmente réplicas decorativas desse e de outros modelos de hélice de aviões clássicos, respeitando rigorosamente o desenho, as dimensões e a matéria-prima das peças originais. Sob encomenda, a empresa também fabrica hélices com…

aerobr2011_article_008_01_01
3 min
como me preparo para voar no verão ?

O verão se aproxima e quem voa precisa se cercar de cuidados para lidar com condições climáticas extremas, como ventos, chuvas fortes e calor excessivo. Elas têm um impacto direto não apenas no voo, mas, também, e com igual influência, nas aeronaves paradas no solo. Em primeiro lugar, as chuvas de verão, provocadas de forma isolada por nuvens cúmulos-nimbos, os famosos CBs, impedem, sim, a decolagem e o pouso de aeronaves quando estão desaguando sobre aeroportos, exigindo dos pilotos desvios de rota. Nessas condições, é necessário alternar para evitar que a aeronave seja atingida por raios, pedras de gelo ou ventos intensos – que, em algumas condições, podem até derrubar uma aeronave. No caso de pistas encharcadas, é também preciso avaliar o risco de perda de controle do avião por aquaplanagem…

aerobr2011_article_010_01_01
6 min
ônibus espacial no dorso

Quando a agência espacial norte-americana convenceu o Congresso dos Estados Unidos a financiar o programa Space Transportation System (STS), havia a promessa de que o “ônibus espacial” (em inglês space shuttle), como ficou conhecido, popularizaria o acesso ao espaço. Previam-se múltiplos lançamentos a cada ano, eventualmente mais de um por semana, por uma fração dos custos do gigantesco foguete Saturno V, que fora usado no programa Apollo. Não era difícil crer que os gastos seriam, de fato, menores: afinal, o STS cumpriria somente missões à órbita baixa, já que o foguete lançador não tinha capacidade de levá-lo até a Lua. O espaçoso veículo orbital (orbiter vehicle ou OV) retornaria à terra como um avião e seria reaproveitado. Mas, em pouco tempo, ficou claro que o que tinha ido parar na Lua…

aerobr2011_article_012_01_01
1 min
carros superesportivos

AIRBUS E ASTON MARTIN Lançado em janeiro, o ACH130 Aston Martin Edition obteve contratos firmes em três continentes, ampliando a linha de alto luxo da Airbus Helicopters. O modelo conta com um interior desenvolvido pela britânica Aston Martin, famosa por seus carros esportivos. O ACH130 Aston Martin é voltado para os proprietários que apreciam pilotar e o prazer de dirigir carros esportivos de luxo. O projeto adiciona elementos da marca de automóveis favorita de James Bond, o famoso 007, aos acessórios do helicóptero. EMBRAER E PORSCHE As duas empresas se uniram para criar o projeto Duet, que prevê o lançamento de edições limitadas do jato Embraer Phenom 300E e do superesportivo Porsche 911 Turbo S. A Embraer e a Porsche produzirão apenas dez pares dos veículos, que só serão vendidos em conjunto. Além…

aerobr2011_article_016_02_01
8 min
na rede

VOOS PARTICULARES EM ALTA De acordo com levantamento da empresa VistaJet, especializada em voos particulares, aproximadamente 31% das empresas dos Estados Unidos estão expandindo o uso de aeronaves particulares por conta da pandemia. Segundo a companhia, houve um aumento de 49% na demanda corporativa desde o início da pandemia, em meados de março de 2020. Além da questão de segurança sanitária, já que uma aeronave de negócios oferece um ambiente mais privativo, muitas empresas sentiram os efeitos do desmantelamento das malhas aéreas ao redor do mundo. A aviação de negócios manteve sua flexibilidade, oferecendo acessibilidade 24 horas, sete dias por semanas. A crescente demanda internacional por voos particulares deverá ser mantida pelos próximos meses, com empresas aproveitando a maior flexibilidade de destinos e novos modelos de fretamento. DEZ MIL No início do mês…

aerobr2011_article_016_01_01