ZINIO logo

AERO Magazine Edicao 319

AERO Magazine é a revista mais lida por proprietários de aeronaves e pilotos do Brasil, e traz todos os meses os lançamentos e novidades do mercado, orientações para a compra e manutenção de aeronaves, avaliação de aeroportos e da infra-estrutura aeroportuária, artigos técnicos, reportagens históricas e coberturas especiais das principais feiras do mundo. Leia e comprove porque AERO Magazine é a líder em aviação no Brasil.

Country:
Brazil
Language:
Portuguese
Publisher:
Inner Publishing Net LLC
Frequency:
Monthly
₹218.08
₹1,458
12 Issues

in this issue

2 min
longo regresso

Depois de mais de um ano e meio de voos suspensos, a Gol realizou a primeira viagem do Boeing 737 MAX com passageiros (incluindo o presidente da empresa brasileira e sua família) no mesmo dia em que ajustávamos os detalhes finais desta edição de AERO. O processo de recertificação da nova versão do jato mais popular de todos os tempos representa um feito para a história da aviação e uma mostra do comprometimento da indústria com sua reputação quando o assunto é segurança de voo. Tudo começou com duas improváveis tragédias, que colocaram em xeque não apenas a imagem do maior conglomerado aeroespacial global, mas, também, a credibilidade da mais atuante agência reguladora do mundo, ambos norte-americanos. As respostas tanto da Boeing como da Federal Aviation Administration (FAA) à crise merecem…

3 min
first class

VISUAL ANOS 80 Com as importações proibidas, as opções de motocicletas no mercado brasileiro em 1980 se limitavam a modelos de pequena cilindrada. Foi quando a Honda lançou uma versão nacional da então nova CB400, inaugurando uma linha de modelos que marcou época no país. Em março de 2020, o fabricante apresentou a CB-F Concept, um protótipo que resgata o desenho da família CB de quatro décadas atrás. Por trás do aspecto retrô, está uma mecânica de última geração, com motor quatro cilindros DOHC refrigerado a água de 998 cilindradas, que entrega 145 cavalos de potência a 10.500 rotações por minuto e vem com acelerador eletrônico ride-by-wire. Em virtude do cancelamento das feiras do setor pela pandemia, o lançamento do modelo de produção só deverá acontecer em 2021 e estima-se que…

aerobr2012_article_006_01_01
9 min
ação e reação

Durante os anos da Guerra Fria (1947-1991), o mundo assistiu a uma escalada de tensões entre os Estados Unidos e a então União Soviética, que se hostilizavam mutuamente enquanto disputavam a hegemonia política, econômica e militar sobre suas respectivas áreas de influência no mundo. Um equilíbrio mortal impediu que a rivalidade avançasse para um confronto militar aberto: a ameaça da “Destruição Mútua Assegurada” (gerando a sigla MAD, que em inglês significa loucura), já que os dois blocos detinham grandes arsenais de armas termonucleares. Por décadas, as forças aéreas foram protagonistas na disputa, já que cabia às frotas de bombardeiros levar uma parte dos artefatos nucleares até alvos estratégicos no território inimigo. Por isso, quando os Estados Unidos colocavam em serviço um novo avião, imediatamente seus rivais soviéticos respondiam com um…

aerobr2012_article_008_01_01
8 min
na rede

ASAS ROTATIVAS PARA A PRF A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deve receber em 2021 seis novos helicópteros monomotores AW119Kx, produzidos pela italiana Leonardo. As aeronaves serão empregadas pela Divisão de Operações Aéreas (DOA) em cinco regiões do Brasil, em uma série de missões, incluindo transporte, resgate, serviço médico de emergência, combate a incêndios, vigilância e aplicação da lei. De acordo com a PRF, a seleção do AW119Kx ocorreu após uma avaliação rigorosa das capacidades técnicas da melhor aeronave apta para atender às necessidades da corporação. Atualmente, diversas forças policiais brasileiras operam com modelos da Leonardo, incluindo os monomotores AW119, os biturbinas AW109 e o intermediário AW139. Os AW119Kx são uma das aeronaves mais avançadas de sua classe, contando com aviônica Garmin 1000NXi, sistema eletro-óptico infravermelho, guincho de resgate, gancho de carga,…

aerobr2012_article_012_01_01
8 min
f-39 gripen revelado por um piloto da fab

Estou na Suécia. Atualmente, desempenho a função de chefe da Seção Operacional do Grupo de Acompanhamento e Controle (GAC-Saab), organização do Comando da Aeronáutica (Comaer) responsável por acompanhar o andamento do contrato de desenvolvimento e produção dos novos caças F-39 Gripen da Força Aérea Brasileira. Tudo verificado in loco, na sede da Saab, fabricante do Gripen. Iniciei a minha carreira na FAB em 1999, quando ingressei na Escola Preparatória de Cadetes do Ar (Epcar), em Barbacena, Minas Gerais. Depois, segui para a Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga, em São Paulo, onde permaneci por quatro anos. Ao final do curso de formação de oficial-aviador na AFA, fui selecionado para realizar o curso de piloto de caça em Natal, no Rio Grande do Norte, onde permaneci por um ano. Depois, fui…

aerobr2012_article_016_01_01
5 min
max volta a voar

Após uma suspensão de cerca de 20 meses de voos, os pilotos de Boeing 737 já estão cumprindo treinamentos em simuladores específicos para o modelo MAX. As alterações introduzidas na aeronave se referem particularmente às características de controle automático de pitch em situações que os tripulantes técnicos chamam de “nariz alto”. A Boeing duplicou (de um para dois) o número de sensores de ângulo de ataque (AOA, ou angle of atack), que detectam a posição da aeronave em relação à linha do horizonte, e melhorou tanto o nível das informações recebidas pelos dispositivos de controle como a capacidade deles de se corrigirem, graças a aprimoramentos no software que controla o sistema. Diante das alterações promovidas pelo fabricante de Seattle no avião, a FAA aprovou o retorno do MAX aos céus,…

aerobr2012_article_022_01_01