ZINIO logo

AERO Magazine Edicao 322

AERO Magazine é a revista mais lida por proprietários de aeronaves e pilotos do Brasil, e traz todos os meses os lançamentos e novidades do mercado, orientações para a compra e manutenção de aeronaves, avaliação de aeroportos e da infra-estrutura aeroportuária, artigos técnicos, reportagens históricas e coberturas especiais das principais feiras do mundo. Leia e comprove porque AERO Magazine é a líder em aviação no Brasil.

Country:
Brazil
Language:
Portuguese
Publisher:
Inner Publishing Net LLC
Frequency:
Monthly
₹218.08
₹1,458
12 Issues

in this issue

2 min
combate aéreo à pandemia

A “Operação COVID-19” realizada pela Força Aérea Brasileira acaba de completar um ano. Planejada para atender às necessidades de um país de dimensões continentais com milhões de habitantes durante a maior pandemia de todos os tempos, a megamobilização da FAB nasceu histórica. Nesta edição, convidamos militares que estão no front desta batalha para revelar os bastidores do combate ao novo coronavírus, que estampa nossa capa. Também nesta edição, preparamos uma reportagem especial sobre o fim da produção de um dos jatos mais emblemáticos da aviação de negócios. O programa Learjet, concebido pelo visionário Bill Lear, tornou-se sinônimo de transporte rápido e eficiente para empresários, executivos e celebridades, beneficiando-se de viagens aéreas com a flexibilidade e a privacidade que um avião particular proporciona. Ainda no mercado de aviação de negócios, preparamos um especial…

1 min
pintura mais leve

A American Airlines decidiu substituir a tinta utilizada para pintar seus jatos. A empresa optou por uma nova fórmula sem pó de mica (silicato de alumínio e potássio hidratado). De acordo com a companhia, a nova tinta, batizada Silver Eagle, é mais leve, e barata, o que reduz o peso e diminui o consumo de combustível da aeronave. A atual pintura com mica adiciona cerca 29 quilos a um Boeing 737-800. Essa diferença de peso representa um consumo anual de 300 mil galões de combustível, com o avião realizando uma média de seis voos por dia. “Ao mudar para o Silver Eagle, nossa frota de aviões queimará aproximadamente um milhão de galões a menos de combustível por ano. Estimamos que, somente com essa medida, quando a frota estiver toda repintada,…

aerobr2103_article_008_01_01
1 min
20 anos

A Leonardo comemorou o 20º aniversário do voo inaugural do helicóptero AW139, amplamente utilizado em missões VIP urbanas, voos aeromédicos e patrulhamento aéreo, além de combate a incêndios, socorro em desastres, operações militares e offshore. No dia 3 de fevereiro de 2001, o primeiro protótipo do helicóptero realizou um voo de 45 minutos iniciando seus primeiros testes. Ao longo de duas décadas, o biturbina médio recebeu uma série de melhorias, como maior peso máximo de decolagem, que passou de 6,4 para 7 toneladas. Em 2020, a Leonardo introduziu novos recursos para o conjunto de aviônicos, incluindo visão sintética, sistema de alerta de proximidade do solo aprimorado com modos offshore, mapas 2D incrementados e carregamento de dados sem fio, aumentando a consciência situacional da tripulação e reduzindo a carga de trabalho…

aerobr2103_article_008_02_01
1 min
dez passageiros

A Pilatus passou a oferecer o jato PC-24 com uma configuração de alta densidade, com capacidade para até dez passageiros, todos voltados para frente. A intenção é servir empresas que necessitam realizar o transporte frequente de colaboradores. Cada assento instalado conta com um mecanismo de liberação rápida, o que permite aos operadores uma ágil reconfiguração da cabine, de acordo com os requisitos de transporte. Outra característica é que cada assento mantém um compartimento de armazenamento lateral e porta-copos, além de quatro tomadas elétricas de 115 volts para aumentar a produtividade dos passageiros durante o voo. O fabricante lembra, ainda, que a tampa do vaso do lavatório não é usada como assento de passageiro, ou seja, o banheiro é privativo. Além dos dez assentos, o PC-24 mantém a porta de cargas…

aerobr2103_article_008_03_01
1 min
segunda geração

A Textron anunciou o lançamento da segunda geração de seu popular jato de negócios CJ4. Designado CJ4 Gen2, o novo avião recebeu algumas melhorias em relação ao projeto original, como um novo conjunto de escada e corrimão e janelas no teto do lavatório. A escada foi redesenhada com degraus mais baixos, largos e iluminados individualmente, garantindo maior segurança no embarque e no desembarque, além de contar com luz de cortesia personalizável. As chamadas CoolView Skylights são duas janelas no teto para melhor aproveitamento da luz natural – um projeto similar ao do programa Falcon 6X, da Dassault, que deve voar em breve. A nova janela fornecerá iluminação natural ao lavatório (que poderá contar com uma pia opcional) e à área traseira da cabine. A Textron ainda realizou mudanças no interior…

aerobr2103_article_009_01_01
1 min
busca pela certificação

Pouco mais de um ano após o primeiro protótipo do G700 ter realizado seu voo inaugural, o programa de ensaios em voo acumula mais de 1.100 horas de testes no ar. De acordo com a Gulfstream, o projeto concluiu a maior parte das avaliações de desenvolvimento, abrindo caminho para a etapa de certificação. A previsão é que a aeronave entre em serviço no final de 2022. O G700 é o maior avião de negócios da Gulfstream, adicionando uma série de capacidades à família, como alcance de 7.500 milhas náuticas (13.900 quilômetros) e a velocidade de cruzeiro máxima de Mach 0,925. Durante um dos ensaios de mergulho, o G700 atingiu Mach 0,995, a mais alta velocidade de um avião civil da atualidade. O G700 terá cinco zonas de cabine, incluindo a…

aerobr2103_article_009_02_01