Nautica e Aviazione
AERO Magazine

AERO Magazine Edicao 305

AERO Magazine é a revista mais lida por proprietários de aeronaves e pilotos do Brasil, e traz todos os meses os lançamentos e novidades do mercado, orientações para a compra e manutenção de aeronaves, avaliação de aeroportos e da infra-estrutura aeroportuária, artigos técnicos, reportagens históricas e coberturas especiais das principais feiras do mundo. Leia e comprove porque AERO Magazine é a líder em aviação no Brasil.

Paese:
Brazil
Lingua:
Portuguese
Editore:
Inner Publishing Net LLC
Frequenza:
Monthly
Leggi di più
COMPRA NUMERO
2,63 €(VAT inclusa)
ABBONATI
17,58 €(VAT inclusa)
12 Numeri

in questo numero

2 minuti
transferência tecnológica

A transferência de tecnologia mostrou-se decisiva na vitória do caça sueco Gripen NG no Projeto F-X2. A Saab superou concorrentes de peso, como a Dassault e a Boeing, com a promessa de que compartilharia informações industriais sensíveis e estratégicas com o Brasil. Enquanto a primeira aeronave que será entregue à FAB fazia seu voo inaugural, nos bastidores, discutia-se o que, de fato, ficará sob o controle de empresas nacionais. Afinal, o país terá condições de projetar e construir sua próxima geração de aviões de combate? Esse é o assunto de nossa matéria de capa assinada por Edmundo Ubiratan. Mantendo o tema tecnologia, mostramos as virtudes da nova geração de motores que vem revolucionando o transporte aéreo regular, com o aumento da economia de combustível e a redução de ruído. Assistimos à…

1 minuti
first class

ENOCULTURA O The Impossible Collection of Wine reúne o melhor do mundo do vinho em um sofisticado livro de 144 páginas armazenado em um estojo de madeira. US$ 995 assouline.com MÚSICA PARA OS OUVIDOS O headset da Bose da série 700 incluiu cancelamento de ruído ativo e conexão Bluetooth. Indicado para uso em voos comerciais, o fone é compatível com as plataformas Siri, Alexa e Google Assistant. R$ 2.099 amazon.com.br AROMA RARO Como o nome sugere, o perfume Oud Wood da consagrada marca Tom Ford utiliza um ingrediente tão raro quanto valorizado, o oud, que vem da resina de uma árvore tropical asiática, também utilizada em incensos de templos do Butão. R$ 1.589 sephora.com.br COM LIGA ESPACIAL O Air King usa o aço Oystersteel, fabricado exclusivamente para a Rolex. Trata-se de uma liga metálica da família do aço 904L, muito…

3 minuti
bombeiros aéreos

As queimadas na região da Amazônia colocaram fogo no debate político. Logo que o assunto veio à tona, confrontos ideológicos se alastraram pelo mundo de forma incendiária. Mas, enquanto os embates ferviam, entravam em cena alguns dos mais incríveis aviões bombeiros não só para arrefecer os ânimos como, também, e principalmente, neutralizar o fogo. Anualmente, o combate a incêndios florestais mobiliza inúmeras aeronaves em regiões como Califórnia e Portugal. Na América do Sul, o emprego de bombeiros aéreos é mais restrito, ainda que seja comum. Elencamos aqui tanto máquinas que atuaram na Bolívia e no Brasil como aquelas usadas em outras localidades mundo afora. HERCULES ADAPTADO Se na mitologia Hercules recebeu a dura tarefa de cumprir doze trabalhos, na aviação o veterano quadrimotor Lockheed C-130 encara múltiplas missões. E uma delas é…

2 minuti
como contrato meu piloto?

Pelo lado interpessoal, proprietários de aeronaves e pilotos devem ter empatia mútua, pois convivem no dia a dia de maneira muito próxima. O tripulante participa, ainda que involuntariamente, da intimidade familiar e profissional dos passageiros que transporta. No caso de pilotos de helicóptero, o convívio pode acontecer dentro de casa ou da companhia (helicópteros podem pousar em residências ou empresas). Com pilotos de avião, a situação é diferente. Como só operam em aeroporto, eles tendem a manter certa distância e a interação costuma ser por telefone, não sob um mesmo teto, ainda que haja alguma proximidade durante o voo em si, sobretudo durante embarques e desembarques. Em ambos os casos, é desejável que seu tripulante mantenha o profissionalismo e tenha o devido discernimento ao presenciar situações pessoais ou profissionais de passageiros como…

12 minuti
na rede

20 MIL HORAS A Textron anunciou que a frota global do Bell 505 Jet Ranger X ultrapassou mais de 20 mil horas de voo com operações em seis continentes. O fabricante entregou até o primeiro semestre de 2019 um total de 200 aeronaves ao redor do mundo. VAGAS PARA PILOTOS Segundo o Boeing Pilot & Technician Outlook (relatório da Boeing sobre Pilotos e Técnicos) de 2019, o mundo deve absorver 244 mil novos pilotos e 572 profissionais de aviação comercial nos próximos 20 anos. Até 2039, as companhias aéreas vão precisar de 44 mil novos aviões, dos quais 17 mil ou 39% serão entregues na região Ásia-Pacífico. ULTRABAIXO CUSTO A chilena JetSmart vai iniciar suas operações no Brasil, voando de Santiago para Salvador, Foz do Iguaçu e São Paulo com bilhetes a partir de 300…

14 minuti
o que o brasil ganha?

A decolagem do primeiro Gripen E destinado à Força Aérea Brasileira causou frisson internacional. Cinco anos após a assinatura do acordo de compra de 36 aeronaves, a Saab mostrou ao mundo o futuro caça do Brasil em ação. Nos bastidores, a programa suscita euforia, mas, também, deixa margem para incertezas. Além da máquina em si, a grande vantagem competitiva da proposta sueca, que lhe garantiu êxito na concorrência travada dentro do projeto F-X2, superando norte-americanos e franceses, reside justamente na transferência de tecnologia para a indústria brasileira. Há quem diga que o Gripen será o último avião de combate adquirido pelo Brasil de um fabricante estrangeiro, uma vez que os futuros caças serão construídos por empresas nacionais. Será mesmo? A resposta para essa pergunta parece levantar mais dúvidas que certezas. MIRAGE IIIE…